Simulado OAB


 Exame: OAB EXAME XXI -
 Data da prova: 11-2016 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
1Em pedido de reenquadramento formulado em reclamação trabalhista, foi designada perícia, com honorários adiantados pelo autor, e ambas as partes indicaram assistentes técnicos. Após a análise das provas, o pedido foi julgado procedente. Diante da situação, da legislação em vigor e do entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
O autor, tendo se sagrado vencedor, será ressarcido pelos honorários pagos ao perito e ao seu assistente técnico.
O autor não terá o ressarcimento dos honorários que pagou ao seu assistente técnico, porque sua indicação é faculdade da parte.
O autor, segundo previsão da CLT, terá o ressarcimento integral dos honorários pagos ao perito e metade daquilo pago ao seu assistente técnico.
O juiz, inexistindo previsão legal ou jurisprudencial, deverá decidir se os honorários do assistente técnico da parte serão ressarcidos.
 Exame: OAB EXAME XXXII -
 Data da prova: 06-2021 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
2No decorrer de uma execução trabalhista, não se conseguiu penhorar nenhum bem da empresa executada nem reter qualquer numerário dela em ativos financeiros. Então, o exequente instaurou um incidente de desconsideração de personalidade jurídica para direcionar a execução em face de um sócio. O referido sócio foi citado e, no prazo de 15 dias, manifestou-se contrariamente à sua execução. Submetida a manifestação ao contraditório e não havendo outras provas a produzir, o juiz julgou procedente o incidente e incluiu o sócio no polo passivo da execução na condição de executado, sendo, então, publicada essa decisão. Considerando a situação retratada e os ditames da CLT, assinale a afirmativa correta.
Por ser interlocutória, essa decisão é irrecorrível, devendo o sócio se submeter ao comando e pagar a dívida.
O sócio em questão poderá recorrer da decisão independentemente de garantia do juízo.
Sendo a Lei omissa a respeito, caberá ao juiz definir se a decisão do incidente poderá ser objeto de recurso e se será necessário garantir o juízo.
O sócio poderá recorrer da decisão, mas terá de garantir o juízo em 50%.
 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
3Expedida carta precatória executória numa demanda trabalhista, o juízo deprecante cita o devedor para pagamento, mas ele permanece inerte. Então, o oficial de justiça retorna e penhora um dos imóveis do executado, avaliando-o e garantindo o juízo. Imediatamente o executado ajuíza embargos de devedor, alegando que o bem penhorado foi subavaliado, apresentando a documentação que entende provar que o valor de mercado do bem é muito superior àquele lançado no auto pelo oficial de justiça. Sobre a hipótese apresentada, de acordo com a legislação em vigor e o entendimento consolidado do TST, assinale a opção que, justificadamente, indica o juízo competente para apreciar os embargos.
O juízo deprecante é competente, pois dele se origina a execução.
O julgamento poderá competir aos juízos deprecante ou ao deprecado, porque a Lei não traz previsão.
O juízo deprecado será competente, porque a matéria se refere a suposto vício na penhora.
A Lei e a jurisprudência são omissas a respeito, daí porque a parte poderá escolher qual dos juízos apreciará os embargos.
 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
4A sociedade empresária Sanear Conservação e Limpeza Ltda. ajuizou ação de consignação em pagamento em face do ex-empregado Pedro Braga, afirmando que ele se negava a receber as verbas resilitórias a que faria jus. Citado, Pedro Braga apresentou resposta sob a forma de contestação e reconvenção, postulando diversos direitos alegadamente lesados e incluindo no polo passivo a sociedade empresária Réptil Imobiliária, tomadora dos serviços terceirizados do empregado, requerendo dela a responsabilidade subsidiária. Diante da situação retratada e da norma de regência, assinale a afirmativa correta.
Não é possível, em sede de reconvenção, ajuizar ação contra quem não é parte na lide principal.
A pretensão de Pedro somente se viabilizará se a sociedade empresária Réptil Imobiliária concordar em figurar na reconvenção.
Não há óbice a se incluir na reconvenção pessoa que não figure na lide original.
A Lei processual é omissa a respeito; assim ficará a critério do juiz aceitar a inclusão da sociedade empresária Réptil Imobiliária.
 Exame: OAB EXAME XXVII -
 Data da prova: 11-2018 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
5Seu escritório foi contratado pela empresa Alumínio Brilhante Ltda. para assisti-la juridicamente em uma audiência. Você foi designado(a) para a audiência. Forneceram-lhe cópia da defesa e dos documentos, e afirmaram que tudo já havia sido juntado aos autos do processo eletrônico. Na hora da audiência, tendo sido aberta esta, bem como os autos eletrônicos do processo, o juiz constatou que a defesa não estava nos autos, mas apenas os documentos. Diante disso, o juiz facultou-lhe a opção de apresentar defesa. Nos exatos termos previstos na CLT, você deverá
entregar a cópia escrita que está em sua posse.
aduzir defesa oral em 20 minutos.
requerer o adiamento da audiência para posterior entrega da defesa.
requerer a digitalização da sua defesa para a juntada no processo.
 Exame: OAB EXAME XXVI -
 Data da prova: 08-2018 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
6Uma entidade filantrópica foi condenada em reclamação trabalhista movida por uma ex-empregada, em fevereiro de 2018. A sentença transitou em julgado e agora se encontra na fase de execução. Apresentados os cálculos e conferida vista à executada, o juiz homologou a conta apresentada pela exequente. Em relação à pretensão da entidade de ajuizar embargos de devedor para questionar a decisão homologatória, assinale a afirmativa correta.
Não há necessidade de garantia do juízo, no caso apresentado, para o ajuizamento de embargos de devedor.
Se a executada deseja questionar os cálculos, deverá garantir o juízo com dinheiro ou bens e, então, ajuizar embargos de devedor.
A executada, por ser filantrópica, poderá ajuizar embargos à execução, desde que garanta a dívida em 50%.
A entidade filantrópica não tem finalidade lucrativa, daí por que não pode ser empregadora, de modo que a execução contra ela não se justifica, e ela poderá ajuizar embargos a qualquer momento.
 Exame: OAB EXAME XXVIII -
 Data da prova: 03-2019 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
7No curso de uma ação trabalhista que se encontra em fase de execução de sentença, a executada, citada para pagar e garantir o juízo, apresentou exceção de pré-executividade almejando a nulidade de todos os atos, uma vez que não havia sido regularmente citada. Após regular trâmite, o juiz julgou procedente a exceção de pré-executividade e anulou todos os atos processuais praticados desde a citação, concedendo ainda prazo para a reclamada contestar a reclamação trabalhista. Sobre a hipótese, assinale a opção que indica o recurso cabível, a ser manejado pelo exequente, contra a decisão da exceção de pré-executividade.
Apelação.
Recurso Ordinário.
Agravo de Instrumento.
Agravo de Petição.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
8Beatriz foi empregada de uma entidade filantrópica por 2 (dois) anos e 3 (três) meses. Terminada a relação de emprego no final de 2021, Beatriz ajuizou reclamação trabalhista 1 (um) mês após, pelo procedimento sumaríssimo, postulando diversos direitos supostamente lesados, além de honorários advocatícios. Regularmente contestado e instruído, o pedido foi julgado procedente em parte, sendo que a ex-empregadora recorreu da sentença no prazo legal juntando o recolhimento das custas. Sobre essa hipótese, de acordo com o que dispõe a CLT, assinale a afirmativa correta.
O recurso terá o seguimento negado de plano, já que a ex-empregadora não efetuou o depósito recursal.
O juiz deverá conceder prazo para que a recorrente sane o vício e efetue o recolhimento do depósito recursal, sob pena de deserção.
O recurso terá seguimento normal e será apreciado desde que a recorrente recolha metade do depósito recursal até a apreciação do recurso pelo Relator.
O recurso está com o preparo adequado porque, diante da natureza jurídica da ex-empregadora, ela é isenta do depósito recursal.
 Exame: OAB EXAME XXXII -
 Data da prova: 06-2021 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Procedimento Sumaríssimo e Sumário
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
9Helena ajuizou reclamação trabalhista, na qual requereu o pagamento do 13º salário integral do último ano trabalhado, no valor de R$ 1.300,00, indicando o referido valor à causa. A sociedade empresária alegou, em defesa, a quitação regular de tal verba, mas não fez prova documental ou testemunhal desse fato. Em razão disso, o pedido foi julgado procedente, tendo o juiz proferido sentença líquida cujo valor, já incluídos juros e correção monetária, passou a ser de R$ 1.345,00. Sobre esse caso, de acordo com as leis de regência, assinale a afirmativa correta.
A sociedade empresária poderá interpor recurso de apelação no prazo de 15 dias.
O recurso não será admitido, haja vista o valor da condenação e a matéria tratada.
O juiz deverá submeter a decisão ao duplo grau de jurisdição obrigatório, uma vez que a condenação é inferior a 5 salários mínimos.
A sociedade empresária poderá interpor recurso ordinário contra a sentença, mas deverá comprovar o recolhimento de custas e o depósito recursal.
 Exame: OAB EXAME XXVI -
 Data da prova: 08-2018 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
10Vando ajuizou reclamação trabalhista em desfavor da sociedade empresária Cetro Dourado Ltda., na qual trabalhou por 5 anos e 3 meses, na condição de vigia noturno. A sociedade empresária não compareceu à audiência, daí porque o pedido foi julgado procedente à sua revelia. Contudo, a sociedade empresária interpôs recurso ordinário no prazo legal e efetuou o recolhimento das custas e do depósito recursal, mas com valor inferior ao devido (R$ 10,00 a menos nas custas e R$ 500,00 a menos no depósito recursal). Com base na situação retratada, na lei e no entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
O recurso não pode ser conhecido, porque houve revelia; assim, a sociedade empresária fica juridicamente impedida de recorrer.
Na Justiça do Trabalho, não existe possibilidade de se sanar vício referente à diferença no preparo, motivo pelo qual o recurso será considerado deserto.
O juiz deverá assinalar prazo de 5 dias para que a sociedade empresária efetue o recolhimento da diferença das custas e do depósito recursal, sob pena de deserção.
Em tese, seria possível que a sociedade empresária recolhesse a diferença das custas, mas não há previsão jurisprudencial de prazo para complementar o depósito recursal.
 Exame: OAB EXAME XXXV -
 Data da prova: 07-2022 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
11Em determinada reclamação trabalhista, que se encontra na fase de execução, não foram localizados bens da sociedade empresária executada, motivando o credor a instaurar o incidente de desconsideração de personalidade jurídica (IDPJ), para direcionar a execução contra os sócios atuais da empresa. Os sócios foram, então, citados para manifestação. Diante da situação retratada e da previsão da CLT, assinale a afirmativa correta.
É desnecessária a garantia do juízo para que a manifestação do sócio seja apreciada.
A CLT determina que haja a garantia do juízo, mas com fiança bancária ou seguro garantia judicial.
A Lei determina que haja garantia do juízo em 50% para que a manifestação do sócio seja analisada.
Será necessário garantir o juízo com bens ou dinheiro para o sócio ter a sua manifestação apreciada.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
12Em sede de impugnação à sentença de liquidação, o juiz julgou improcedente o pedido, ocorrendo o mesmo em relação aos embargos à execução ajuizados pela executada. A princípio, você, na qualidade de advogado(a) da executada, entendeu por bem não apresentar recurso. Contudo, foi apresentado o recurso cabível pelo exequente. Diante disso, assinale a afirmativa correta.
parte exequente interpôs agravo de petição, e a executada poderá interpor agravo de petição na modalidade de recurso adesivo.
Ambas as partes poderiam interpor agravo de petição na hipótese, porém não mais existe essa possibilidade para a executada, pois esta não apresentou o recurso no prazo próprio.
A parte autora interpôs recurso de revista, e não resta recurso para a parte executada.
A parte autora apresentou recurso ordinário, e a executada poderá apresentar agravo de petição.
 Exame: OAB EXAME XXVII -
 Data da prova: 11-2018 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Do Dissídio Individual
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
13Juca ajuizou ação trabalhista em face da sua ex-empregadora, empresa privada do ramo de mineração. Paulo também ajuizou ação, mas em face de seu exempregador, uma empresa de prestação de serviços, e do Município de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, para quem prestou serviços, requerendo a responsabilização subsidiária. Os respectivos advogados atribuíram o valor correspondente a 20 salários mínimos à causa de Juca e de 15 salários mínimos à causa de Paulo. Diante disso, assinale a afirmativa correta.
A causa de Juca correrá sob o procedimento sumaríssimo e a de Paulo, sob o ordinário.
Ambas as causas correrão sob o procedimento sumaríssimo.
Ambas as causas correrão sob o procedimento ordinário.
A causa de Juca correrá sob o procedimento ordinário e a de Paulo, sob o sumaríssimo.
 Exame: OAB EXAME XIV -
 Data da prova: 08-2014 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
14Geraldo requereu na sua petição inicial, e teve deferida, a concessão de tutela antecipada para sua imediata reintegração, haja vista ser dirigente sindical. O ex- empregador, cientificado, impetrou Mandado de Segurança, no qual obteve liminar revogando a tutela antecipada concedida. Logo depois, a reclamação trabalhista de Geraldo foi instruída na Vara do Trabalho e encaminhada para sentença, que julgou procedente o pedido, tendo o juiz concedido novamente a tutela antecipada, agora na sentença. Diante do quadro retratado, de acordo com o entendimento sumulado pelo TST, assinale a opção correta.
O juiz poderia conceder a tutela na sentença, e, nesse caso, o Mandado de Segurança perde o objeto.
O Juiz não poderia conceder novamente a tutela antecipada, haja vista que ela havia sido revogada pelo Tribunal.
Se a tutela antecipada foi revogada, somente havendo autorização do TRT ela poderia ser revigorada, de modo que o juiz subverteu a ordem processual vigente, cabendo reclamação correicional.
Poderá a parte ré impetrar novo mandado de segurança, agora contra a tutela antecipada concedida na sentença.
 Exame: OAB EXAME XXVI -
 Data da prova: 08-2018 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
15Em sede de reclamação trabalhista, o autor forneceu o endereço da ré na inicial, para o qual foi expedida notificação citatória. Decorridos cinco dias da expedição da citação, não tendo havido qualquer comunicado ao juízo, houve a realização da audiência, à qual apenas compareceu o autor e seu advogado, o qual requereu a aplicação da revelia e confissão da sociedade empresária-ré. O juiz indagou ao advogado do autor o fundamento para o requerimento, já que não havia nenhuma referência à citação no processo, além da expedição da notificação. Diante disso, na qualidade de advogado do autor, à luz do texto legal da CLT, assinale a opção correta.
Presume-se recebida a notificação 48h após ser postada, sendo o não recebimento ônus de prova do destinatário.
A mera ausência do réu, independentemente de citado ou não, enseja revelia e confissão.
Descabe o requerimento de revelia e confissão se não há confirmação no processo do recebimento da notificação citatória.
O recebimento da notificação é presunção absoluta; logo, são cabíveis de plano a revelia e a confissão.
 Exame: OAB EXAME XIX -
 Data da prova: 04-2016 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
16Na fase de execução de uma reclamação trabalhista, as partes se apresentaram ao juiz da causa postulando a homologação de acordo que envolveria 80% do valor que estava sendo executado. Diante
dessa situação, de acordo com a CLT e o entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
O juiz não pode homologar o acordo porque estará violando a coisa julgada, pois o pagamento estará sendo feito em valor inferior àquele determinado pela Justiça.
O juiz tem a obrigação de homologar o acordo, se essa é a legítima vontade das partes, sem vícios ou dúvidas.
O acordo, uma vez homologado, faz coisa julgada material para todos, sem exceção, somente podendo ser desconstituído por ação anulatória.
É possível a homologação do acordo, que pode ser realizado a qualquer momento, mas ficará a critério do juiz fazê-lo à luz do caso concreto.
 Exame: OAB EXAME XXI -
 Data da prova: 11-2016 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
17Em determinada reclamação trabalhista, o empregador foi condenado ao pagamento de diversas parcelas, havendo ainda condenação subsidiária da União na condição de tomadora dos serviços. Na execução, depois de homologado o cálculo e citado o empregador para pagamento, as tentativas de recebimento junto ao devedor principal fracassaram, daí porque a execução foi direcionada contra a União, que agora pretende questionar o valor da dívida. Diante da situação apresentada, assinale a afirmativa correta.
A União pode embargar a execução no prazo legal, após a garantia do juízo.
A CLT não permite que a União, por ser devedora subsidiária, ajuíze embargos de devedor.
A garantia do juízo para ajuizar embargos de devedor é desnecessária, por se tratar de ente público.
A União, por se tratar de recurso, terá o prazo em dobro para embargar a execução.
 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
18Em sede de reclamações trabalhista duas sociedades empresárias foram condenadas em primeira instância. A Massa Falida da Calçados Sola Dura Ltda. e a Institutos de Seguros Privados do Brasil, sociedade empresária em liquidação extrajudicial. Acerca do depósito recursal, na qualidade de advogado das empresas você deverá
deixar de recolher o depósito recursal e custas nos dois casos, já que se trata de massa falida de empresa em liquidação extrajudicial.
deixar de recolher o depósito recursal e as custas no caso da massa falida, mas recolher ambos para a empresa em liquidação extrajudicial.
recolher nos dois casos o depósito recursal e as custas, sob pena de deserção.
deixar de recolher o depósito recursal no caso da massa falida, mas recolher ambos para a empresa em liquidação extrajudicial e as custas para a massa falida.
 Exame: OAB EXAME XVI -
 Data da prova: 03-2015 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
19No momento em que a sociedade empresária estava fazendo o recolhimento do preparo relativo ao recurso de revista que iria interpor em face de um acórdão, houve um lapso do departamento financeiro e o depósito recursal foi feito com uma diferença a menor, de R$ 5,00, o que somente foi verificado após o término do prazo. Diante da situação retratada e de acordo com o entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
A diferença é ínfima e deve ser desprezada, não prejudicando a apreciação imediata do recurso.
Apesar de pequena, a diferença existe, cabendo, então, ao Ministro Relator, no TST, intimar a parte à complementação do preparo, sob pena de deserção.
O recurso não será conhecido por deserto, mesmo que a diferença seja de pequeno valor.
Não havendo nenhuma disciplina a respeito, caberá a cada magistrado, valendo-se do seu poder diretivo do processo, determinar o que deve ser feito.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 75 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
20Na reclamação trabalhista movida por Paulo contra a sociedade empresária Moda Legal Ltda., o juiz prolator da sentença reconheceu que o autor tinha direito ao pagamento das comissões, que foram prometidas mas jamais honradas, mas indeferiu o pedido de integração das referidas comissões em outras parcelas (13º salário, férias e FGTS) diante da sua natureza indenizatória. Considerando a situação de fato e a previsão legal, assinale a afirmativa correta.
Correta a decisão, porque todas as verbas que são deferidas numa reclamação trabalhista possuem natureza indenizatória.
Errada a decisão que indeferiu a integração, porque comissão tem natureza jurídica salarial, daí repercute em outras parcelas.
Correta a decisão, pois num contrato de trabalho as partes podem atribuir a natureza das parcelas desde que haja acordo escrito neste sentido assinado pelo empregado.
A decisão está parcialmente correta, porque a CLT determina que, no caso de reconhecimento judicial de comissões, metade delas terá natureza salarial.
 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Jus Postulandi
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
21Silvio contratou você como advogado para ajuizar ação trabalhista em face do empregador. Entretanto, na audiência, o juiz constatou que não havia procuração nos autos. Diante disso, você requereu fosse efetivado registro em ata de audiência no qual Silvio o constituía como procurador. Silvio anuiu com o requerimento. Com base na hipótese narrada, nos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
O mandato, no caso, é válido e os poderes são apenas para o foro em geral.
O mandato, no caso, é inválido, e seria necessário e obrigatório o requerimento de prazo para juntada de procuração.
O mandato, no caso, é válido e os poderes são para o foro em geral, bem como os especiais, dentre eles os poderes para transigir.
O mandato é válido apenas para a representação na audiência, devendo os demais atos serem regularizados e juntada a procuração para atos futuros.
 Exame: OAB EXAME XVII -
 Data da prova: 07-2015 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
22A papelaria Monte Fino Ltda. foi condenada numa reclamação trabalhista movida pelo ex-empregado Sérgio Silva. Uma das parcelas reivindicadas e deferidas foi o 13º salário, que a sociedade empresária insistia haver pago, mas não tinha o recibo em mãos porque houve um assalto na sociedade empresária, quando os bandidos levaram o cofre, as matérias- primas e todos os arquivos com a contabilidade e os documentos da sociedade empresária. Recuperados os arquivos pela polícia, agora, no momento do recurso, a Monte Fino Ltda. pretende juntar o recibo provando o pagamento, inclusive porque a sentença nada mencionou acerca da possível dedução de valores pagos sob o mesmo título. De acordo com o caso apresentado e o entendimento jurisprudencial consolidado, assinale a afirmativa correta.
É possível a juntada do documento no caso concreto, porque provado o justo impedimento para sua oportuna apresentação.
O momento de apresentação da prova documental já se esgotou, não sendo possível fazê-lo em sede de recurso.
Pelo princípio da primazia da realidade, qualquer documento pode ser apresentado com sucesso em qualquer grau de jurisdição, inclusive na fase de execução, independentemente de justificativa.
Há preclusão, e o juiz não pode aceitar a produção da prova em razão do princípio da proteção, pois isso diminuiria a condenação.
 Exame: OAB EXAME XXIII -
 Data da prova: 07-2017 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
23Rômulo ajuizou ação trabalhista em face de sua ex-empregadora, a empresa Análise Eletrônica Ltda. Dentre outros pedidos, pretendeu indenização por horas extras trabalhadas e não pagas, férias vencidas não gozadas, nem pagas, e adicional de periculosidade. Na audiência, foi requerida e deferida a perícia, a qual foi custeada por Rômulo, que se sagrou vitorioso no respectivo pedido. Contudo, os pedidos de horas extras e férias foram julgados improcedentes. Rômulo também indicou e custeou assistente técnico, que cobrou o mesmo valor de honorários que o perito do juízo. Observados os dados acima e o disposto na CLT, na qualidade de advogado(a) que irá orientar Rômulo acerca do custeio dos honorários periciais e do assistente técnico, assinale a afirmativa correta.
Tendo Rômulo sido vitorioso no objeto da perícia, não há que se falar em pagamento de honorários periciais e do assistente técnico, pois a ré os custeará.
Independentemente do resultado no objeto da perícia, como ao final o rol de pedidos foi parcialmente procedente, Rômulo custeará os honorários periciais e do assistente técnico.
Em virtude da aplicação do princípio da celeridade, descabe a indicação de assistente técnico no processo do trabalho, não cabendo a aplicação subsidiária do CPC nesse mister.
Tendo Rômulo sido vitorioso no objeto da perícia, os honorários periciais serão custeados pela parte sucumbente no seu objeto, porém os honorários do assistente técnico serão de responsabilidade da parte que o indicou.
 Exame: OAB EXAME XIX -
 Data da prova: 04-2016 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
24José ajuizou reclamação trabalhista em face da sociedade empresária ABCD Ltda., requerendo horas extras. A sociedade empresária apresentou contestação negando as horas extras e juntou os cartões de ponto, os quais continham horários variados de entrada e saída, marcados por meio de relógio de ponto. O advogado do autor impugnou a documentação. Com base no caso apresentado, assinale a afirmativa correta.
Na qualidade de advogado do autor, você não precisará produzir qualquer outra prova, pois já impugnou a documentação.
Na qualidade de advogado da ré, você deverá produzir prova testemunhal, já que a documentação foi impugnada.
Na qualidade de advogado do autor, o ônus da prova será do seu cliente, razão pela qual você deverá produzir outros meios de prova em razão da sua impugnação à documentação.
Dada a variação de horários nos documentos, presumem-se os mesmos inválidos diante da impugnação, razão pela qual só caberá o ônus da prova à empresa ré.
 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
25Em determinada Vara do Trabalho foi prolatada uma sentença que, após publicada, não foi objeto de recurso por nenhum dos litigantes. Quinze meses depois, uma das partes ajuizou ação rescisória perante o Tribunal Regional do Trabalho local, tendo o acórdão julgado improcedente o pedido da rescisória. Ainda inconformada, a parte deseja que o TST aprecie a demanda. Assinale a opção que indica, na hipótese, o recurso cabível para o Tribunal Superior do Trabalho.
Recurso Ordinário.
Recurso de Revista.
Recurso Especial.
Agravo de Instrumento.
 Exame: OAB EXAME XXI -
 Data da prova: 11-2016 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
26O juiz, em ação trabalhista proposta por Carlos em face da sociedade empresária ABCD Ltda., julgou procedente, em parte, o rol de pedidos. Nenhuma das partes apresentou qualquer recurso. O pedido versava exclusivamente sobre horas extras e reflexos, estando nos autos todos os controles de horário, recibos salariais, o termo de rescisão de contrato de trabalho (TRCT) e demais documentos inerentes ao contrato de trabalho em referência. Todos os documentos eram incontroversos. Com base no caso apresentado, como advogado(a) de Carlos, assinale a opção que indica a modalidade a ser adotada para promover a liquidação de sentença.
Por cálculos.
Por arbitramento.
Por artigos.
Por execução por quantia certa
 Exame: OAB EXAME XIII -
 Data da prova: 04-2014 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Ações Especiais no Processo Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
27Rômulo impetrou mandado de segurança contra ato praticado por Juiz do Trabalho que teria violado um direito seu, líquido e certo. Por descuido, Rômulo deixou de juntar os documentos pertinentes, indispensáveis. Verificando o equívoco, o Relator deverá, de acordo com a jurisprudência consolidada do TST,
conceder prazo improrrogável de 10 dias para o impetrante sanar o vício, sob pena de indeferimento da petição inicial.
prosseguir normalmente no trâmite processual, pois a matéria não pode ser conhecida de ofício.
indeferir a petição inicial de plano e extinguir o processo sem resolução do mérito.
solicitar à autoridade coatora que, juntamente com as informações que serão prestadas, envie cópia dos documentos faltantes.
 Exame: OAB EXAME XXX -
 Data da prova: 10-2019 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
28O juiz, em sede de execução trabalhista, intimou a parte para cumprir despacho, determinando que o exequente desse seguimento à execução, indicando os meios de prosseguimento na execução, já que não foram encontrados bens no patrimônio do réu. Com fundamento na legislação vigente, assinale a afirmativa correta.
O processo ficará parado aguardando a manifestação do exequente por período indefinido de tempo.
A declaração de prescrição somente poderá ocorrer por requerimento da parte contrária.
A prescrição intercorrente ocorrerá após dois anos, se a parte não cumprir com o comando judicial.
O juiz deverá intimar novamente a parte, a fim de dar início ao curso do prazo prescricional.
 Exame: OAB EXAME XXIII -
 Data da prova: 07-2017 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
29A sociedade empresária Arco Íris Limpeza Ltda. foi citada para pagar o valor de uma dívida trabalhista homologada pelo juiz e, sem apresentar guia de pagamento ou arrolar bens, apresentou embargos de devedor, nos quais aponta diversas inconsistências nos cálculos. Diante disso, de acordo com a CLT, assinale a afirmativa correta.
A Justiça do Trabalho passou a adotar o sistema do CPC, pelo qual não há necessidade de garantir o juízo para embargar, de modo que os embargos serão apreciados.
A CLT prevê que, para o ajuizamento de embargos de devedor, é necessário garantir o juízo com 50% do valor da dívida exequenda, o que não aconteceu na espécie.
Sem a garantia do juízo, o executado não poderá ajuizar embargos de devedor, de modo que as matérias por ele trazidas não serão apreciadas naquele momento.
A CLT determina quem, havendo ajuizamento de embargos de devedor, o executado é obrigado a declarar, o valor que entende devido e a depositar essa quantia à disposição do juízo.
 Exame: OAB EXAME XXX -
 Data da prova: 10-2019 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
30Considere as quatro situações jurídicas a seguir (i) A Instituição ABCD é uma entidade sem fins lucrativos (ii) Rosemary é uma empregadora doméstica (iii) O Instituto Sonhar é uma entidade filantrópica (iv) Mariana é uma microempreendedora individual Considere que todas essas pessoas são empregadoras e têm reclamações trabalhistas ajuizadas contra si e que nenhuma delas comprovou ter as condições para ser beneficiária de justiça gratuita. Assinale a opção que indica, nos termos da CLT, quem estará isento de efetuar o depósito recursal para recorrer de uma sentença desfavorável proferida por uma Vara da Justiça do Trabalho.
A Instituição ABCD e o Instituto Sonhar, somente.
Todos estarão dispensados.
Instituto Sonhar, somente.
Mariana e Rosemary, somente.
 Exame: OAB EXAME XX -
 Data da prova: 07-2016 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
31Mário ajuizou reclamação trabalhista em face de seu ex-empregador. No dia da audiência, não compareceu, razão pela qual o processo foi arquivado. Em nova ação proposta em idênticos termos, o juiz extinguiu o feito sem resolução do mérito, pois a ré não foi localizada. Imediatamente, Mário ajuizou a demanda pela terceira vez. Na audiência, com todos presentes, o advogado da sociedade empresária aduziu que o juiz deveria extinguir o processo sem resolução do mérito em razão da perempção, pois não decorreu o prazo de seis meses entre o segundo e o terceiro processo. Sobre a hipótese apresentada, na qualidade de advogado de Mário, assinale a afirmativa correta.
Deverá ser requerido que o juiz apenas suspenda o processo.
Deverá desistir da ação para evitar a condenação em custas.
Deverá aduzir que o prazo de seis meses é contado da primeira ação.
Deverá aduzir que não houve perempção e requerer o prosseguimento do feito.
 Exame: OAB EXAME XXXI -
 Data da prova: 02-2020 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
32Heloísa era empregada doméstica e ajuizou, em julho de 2019, ação contra sua ex-empregadora, Selma Reis. Após regularmente instruída, foi prolatada sentença julgando o pedido procedente em parte. A sentença foi proferida de forma líquida, apurando o valor devido de R$ 9.000,00 (nove mil reais) e custas de R$ 180,00 (cento e oitenta reais). A ex-empregadora, não se conformando com a decisão, pretende dela recorrer. Indique a opção que corresponde ao preparo que a ex-empregadora deverá realizar para viabilizar o seu recurso, sabendo-se que ela não requereu gratuidade de justiça porque tem boas condições financeiras.
Tratando-se de empregador doméstico, só haverá necessidade de recolher as custas.
Deverá recolher integralmente as custas e o depósito recursal.
Por ser empregador doméstico, basta efetuar o recolhimento do depósito recursal.
Deverá recolher as custas integralmente e metade do depósito recursal.
 Exame: OAB EXAME XXXII -
 Data da prova: 06-2021 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
33A sociedade empresária de transportes Mundo Pequeno Ltda. Foi condenada ao pagamento de horas extras e diferença salarial na ação movida por Mauro Duarte, seu ex-empregado. Após o trânsito em julgado e apuração do valor devido, a executada foi citada para efetuar o pagamento de R$ 120.000,00. Ocorre que a sociedade empresária pretende apresentar embargos à execução, pois entende que o valor homologado é superior ao devido, mas não tem o dinheiro disponível para depositar nos autos. Sobre o caso relatado, de acordo com o que está previsto na CLT, assinale a afirmativa correta.
Na Justiça do Trabalho não é necessário garantir o juízo para ajuizar embargos à execução.
A sociedade empresária poderá apresentar seguro-garantia judicial para então apresentar embargos à execução.
A sociedade empresária poderá assinar uma nota promissória judicial e, com isso, ter direito a ajuizar embargos de devedor.
Se for comprovada a situação de necessidade, a sociedade empresária, depositando 50% do valor da dívida, poderá embargar.
 Exame: OAB EXAME XIV -
 Data da prova: 08-2014 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
34Em ação que tramitou sob o procedimento sumaríssimo, o juiz decidiu determinado pedido de forma contrária ao disposto em orientação jurisprudencial do TST. Em sede de recurso ordinário, com o mesmo fundamento, o TRT manteve a decisão de primeiro grau. Diante disso, a parte entendeu por bem interpor recurso de revista. A partir do caso apresentado, assinale a opção correta.
O recurso de revista não deverá ser admitido, pois o fundamento da decisão não é contrário à Constituição Federal ou à Súmula do TST.
É cabível o recurso, pois a decisão é contrária ao entendimento do TST.
O recurso de revista é incabível no procedimento sumaríssimo. Logo, não deverá ser admitido.
Deverá ser admitido o recurso de revista, em razão do princípio do duplo grau de jurisdição obrigatório.
 Exame: OAB EXAME XXI -
 Data da prova: 11-2016 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Competência da Justiça do Trabalho
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
35De acordo com o entendimento consolidado do STF e do TST, assinale a opção que apresenta situação em que a Justiça do Trabalho possui competência para executar as contribuições devidas ao INSS.
Reclamação na qual se postulou, com sucesso, o reconhecimento de vínculo empregatício.
Ação trabalhista na qual se deferiu o pagamento de diferença por equiparação salarial.
Demanda na qual o empregado teve a CTPS assinada mas não teve o INSS recolhido durante todo o contrato.
Reclamação trabalhista na qual foi reconhecido o pagamento de salário à margem dos contracheques
 Exame: OAB EXAME XXXI -
 Data da prova: 02-2020 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
36José da Silva, que trabalhou em determinada sociedade empresária de 20/11/2018 a 30/04/2019, recebeu, apenas parcialmente, as verbas rescisórias, não tendo recebido algumas horas extras e reflexos. A sociedade empresária pretende pagar ao ex-empregado o que entende devido, mas também quer evitar uma possível ação trabalhista. Sobre a hipótese, na qualidade de advogado(a) da sociedade empresária, assinale a afirmativa correta.
Deverá ser indicado e custeado um advogado para o empregado, a fim de que seja ajuizada uma ação para, então, comparecerem para um acordo, que já estará previamente entabulado no valor pretendido pela empresa.
Deverá ser instaurado um processo de homologação de acordo extrajudicial, proposto em petição conjunta, mas com cada parte representada obrigatoriamente por advogado diferente.
Deverá ser instaurado um processo de homologação de acordo extrajudicial, proposto em petição conjunta, mas cada parte poderá ser representada por advogado, ou não, já que, na Justiça do Trabalho, vigora o jus postulandi.
Deverá ser instaurado um processo de homologação de acordo extrajudicial, proposto em petição conjunta, mas com advogado único representando ambas as partes, por se tratar de acordo extrajudicial.
 Exame: OAB EXAME XXXI -
 Data da prova: 02-2020 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Partes e dos Procuradores
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
37Você foi contratado(a) para atuar nas seguintes ações trabalhistas: (i) uma ação de cumprimento, como advogado da parte autora; (ii) uma reclamação plúrima, também como advogado da parte autora; (iii) uma reclamação trabalhista movida por João, ex-empregado de uma empresa, autor da ação; (iv) uma reclamação trabalhista, por uma sociedade empresária, ré na ação. Sobre essas ações, de acordo com a legislação trabalhista em vigor, assinale a afirmativa correta.
Tanto na ação de cumprimento como na ação plúrima, todos os empregados autores deverão obrigatoriamente estar presentes. O mesmo deve ocorrer com João. Já a sociedade empresária poderá se fazer representar por preposto não empregado da ré.
O sindicato de classe da categoria poderá representar os empregados nas ações plúrima e de cumprimento. João deverá estar presente, em qualquer hipótese, de forma obrigatória. A sociedade empresária tem que se fazer representar por preposto, que não precisa ser empregado da ré.
Nas ações plúrima e de cumprimento, a parte autora poderá se fazer representar pelo Sindicato da categoria. João deverá estar presente, mas, por doença ou motivo ponderoso comprovado, poderá se fazer representar por empregado da mesma profissão ou pelo seu sindicato. Na ação em face da sociedade empresária, o preposto não precisará ser empregado da ré.
O sindicato da categoria poderá representar os empregados nas ações plúrima e de cumprimento. João deverá estar presente, mas, por doença ou motivo ponderoso comprovado, poderá se fazer representar por empregado da mesma profissão ou pelo seu sindicato. Na ação em face da sociedade empresária, o preposto deverá, obrigatoriamente, ser empregado da ré.
 Exame: OAB EXAME XXVI -
 Data da prova: 08-2018 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
38Gustavo foi empregado da empresa Pizzaria Massa Deliciosa. Após a extinção do seu contrato, ocorrida em julho de 2018, as partes dialogaram e confeccionaram um termo de acordo extrajudicial, que levaram à Justiça do Trabalho para homologação. O acordo em questão foi assinado pelas partes e por um advogado, que era comum às partes. Considerando o caso narrado, segundo os ditames da CLT, assinale a afirmativa correta.
Viável a homologação do acordo extrajudicial, porque fruto de manifestação de vontade das partes envolvidas.
Não será possível a homologação, porque empregado e empregador não podem ter advogado comum.
Impossível a pretensão, porque, na Justiça do Trabalho, não existe procedimento especial de jurisdição voluntária, mas apenas contenciosa.
Para a validade do acordo proposto, seria necessário que o empregado ganhasse mais de duas vezes o teto da Previdência Social.
 Exame: OAB EXAME XVIII -
 Data da prova: 11-2015 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
39A empresa XPTO Ltda., necessitando dispensar empregado estável, ajuizou inquérito para apuração de falta grave em face de seu empregado. No dia da audiência, a empresa apresentou seis testemunhas, protestando pela oitiva de todas. O empregado apresentou três testemunhas, afirmando ser este o limite na Justiça do Trabalho. Assinale a alternativa que mostra qual advogado agiu da forma determinada na CLT.
O advogado da empresa agiu corretamente, pois trata-se de inquérito para apuração de falta grave.
O juiz determinou que a empresa dispensasse três das seis testemunhas, pois é necessário o equilíbrio com a outra parte. Logo, ambos os advogados agiram corretamente, levando o número de testemunhas que entendiam cabível.
O advogado do empregado está correto, pois o limite de testemunhas para o processo de rito ordinário é de três para cada parte.
Os dois advogados se equivocaram, pois o limite legal é de três por processo no rito ordinário, sendo as testemunhas do juízo.
 Exame: OAB EXAME XV -
 Data da prova: 11-2014 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
40Simone, ré em uma demanda trabalhista ajuizada por sua ex- empregada doméstica, em audiência una requereu ao juiz o adiamento para juntada de documento suplementar, que não conseguiu obter, pois se referia ao depoimento prestado pela ora autora em outro processo como testemunha, no qual confessava nunca haver laborado em horário extraordinário. O documento não foi obtido por Simone, pois, logo após a audiência daquele processo, os autos seguiram para conclusão, sem que fosse permitido a ela o acesso ao depoimento. O juiz da causa ora em audiência indeferiu o adiamento requerido por Simone, e, ao sentenciar, condenou- a ao pagamento de horas extras. No prazo de recurso ordinário, Simone finalmente teve acesso ao documento que comprovava a inexistência do labor extraordinário. Diante da situação apresentada, assinale a afirmativa correta.
Simone poderá juntar o documento no recurso ordinário.
Não cabe juntada do documento em recurso ordinário.
Precluiu a possibilidade de produção da prova documental por Simone.
Simone só poderia juntar o documento em embargos de declaração.
 Exame: OAB EXAME XIII -
 Data da prova: 04-2014 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
41Paulo ajuizou reclamação trabalhista em face de sua ex- empregadora, empresa Ouropuro Ltda.. No dia da audiência, a ré apresentou exceção de incompetência em razão do lugar, aduzindo fatos que eram desconhecidos até então pelo advogado de Paulo. De modo a possibilitar a melhor defesa de Paulo e para evitar o possível acolhimento da exceção, de acordo com a legislação trabalhista, assinale a opção que indica o procedimento correto a ser adotado.
Deverá ser requerido prazo de 10 dias para manifestação com o consequente adiamento da audiência.
Deverá o Juiz conceder prazo a Paulo por 24 horas para manifestação, prolatando a sentença da exceção de incompetência na primeira audiência.
O Juiz deverá adiar a audiência para a decisão, não sendo cabível a concessão de prazo à parte contrária, para manifestação.
O Juiz apreciará imediatamente a arguição de exceção de incompetência, não havendo previsão de concessão de prazo a Paulo, já que as audiências são unas.
 Exame: OAB EXAME XVII -
 Data da prova: 07-2015 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
42Brenda aufere um salário mínimo e meio e ajuizou reclamação trabalhista contra o empregador, postulando diversas verbas que entende fazer jus. Na petição inicial, não houve requerimento de gratuidade de justiça nem declaração de miserabilidade jurídica. O pedido foi julgado improcedente, mas, na sentença, o juiz concedeu, de ofício, a gratuidade de justiça. Diante da situação e do comando legal, assinale a afirmativa correta.
Houve julgamento extra petita no tocante à gratuidade, atraindo a nulidade do julgado, já que isso não foi requerido na petição inicial.
A Lei é omissa a respeito, daí porque o juiz, invocando o princípio da proteção, poderia conceder espontaneamente a gratuidade de justiça.
A sociedade empresária poderia recorrer para ver reformada a sentença, no tocante à concessão espontânea da gratuidade de justiça, tratando-se de julgamento ultra petita.
O juiz agiu dentro do padrão legal, pois é possível a concessão da gratuidade de justiça de ofício, desde que presentes os requisitos legais, como era o caso.
 Exame: OAB EXAME XVI -
 Data da prova: 03-2015 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
43Jairo requereu adicional de periculosidade em ação trabalhista movida em face de seu empregador. A gratuidade de justiça foi deferida e o perito realizou o laudo para receber ao final da demanda, tudo nos termos e nas limitações de valores fixados pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Contudo, não foi constatada atividade em situação que ensejasse o pagamento do adicional pretendido. Diante disso, assinale a afirmativa correta.
A União fica responsável pelo pagamento dos honorários periciais.
Como Jairo é beneficiário da gratuidade de justiça, está isento do pagamento de custas; logo, não poderá custear os honorários do perito, que ficam dispensados.
A parte ré fica responsável pelo custeio da perícia, face à inversão do ônus da prova pela hipossuficiência do empregado.
Jairo deverá custear os honorários parceladamente ou compensá-los com o que vier a receber no restante da demanda.
 Exame: OAB EXAME XIX -
 Data da prova: 04-2016 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
44Hudson ajuizou ação na Justiça do Trabalho na qual postula exclusivamente diferenças na complementação de sua aposentadoria. Hudson explica que, durante 35 anos, foi empregado de uma empresa estatal e contribuiu para o ente de previdência privada fechada, da qual a ex-empregadora é instituidora e patrocinadora. Ocorre que, ao longo do tempo, os empregados da ativa tiveram reajustes salariais que não foram observados na complementação da aposentadoria de Hudson, gerando diferenças, que agora o autor cobra tanto da ex-empregadora quanto do ente de previdência privada. Considerando o caso e de acordo com a CLT, assinale a afirmativa correta.
O processo deverá ser remetido pelo Juiz do Trabalho para a justiça estadual.
A reclamação trabalhista deverá ser extinta sem resolução do mérito por falta de competência.
A ação trabalhista deverá ter curso normal, com citação e designação de audiência para produção de provas.
O destino do feito dependerá dos termos da contestação, pois pode haver prorrogação de competência.
 Exame: OAB EXAME XVIII -
 Data da prova: 11-2015 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
45Em ação trabalhista, a parte ré recebeu a notificação da sentença em um sábado. Assinale a opção que, de acordo com a CLT, indica o dia a partir do qual se iniciará a contagem do prazo recursal.
O início do prazo será na segunda-feira e a contagem do prazo deverá ser iniciada na terça-feira, se forem dias úteis.
O início do prazo será na segunda-feira e a contagem do prazo também deverá ser iniciada na própria segundafeira, se dia útil.
O início do prazo será no sábado, mas a contagem do prazo será iniciada na terça-feira, se dia útil.
O início do prazo será no sábado, mas a contagem do prazo será iniciada na segunda-feira, se dia útil.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
46Duas irmãs costureiras trabalharam juntas em uma confecção. A mais velha era empregadora da mais nova, que gerenciava a atividade. Devido a um desentendimento em família, a irmã mais nova foi dispensada. Em decorrência da relação fraternal, chegaram a um bom termo sem a necessidade de ajuizamento da demanda. Porém, por segurança de ambas, gostariam de ver garantidos, judicialmente, os termos do acordo e procuraram você, como advogado consultor. Diante disso, observados os termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
Deverá ser distribuída uma petição requerendo a homologação de acordo extrajudicial, sendo que as partes deverão obrigatoriamente estar representadas por advogado, ainda que comum.
Deverá ser ajuizada uma ação trabalhista e realizado um acordo na primeira audiência, vigorando o jus postulandi.
Deverá ser distribuída uma petição requerendo a homologação de acordo extrajudicial, sendo que as partes não precisarão estar representadas por advogado, em razão do jus postulandi.
Deverá ser distribuída uma petição requerendo a homologação de acordo extrajudicial, sendo que as partes deverão obrigatoriamente estar representadas por advogados distintos. D
 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Ações Especiais no Processo Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
47Jorge foi dispensado e, no dia designado para homologação da ruptura contratual, a empresa informou que não tinha dinheiro para pagar a indenização. O Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho - TRCT estava preenchido, com o valor total de R$ 5.000,00 que Jorge deveria receber. Diante da situação narrada pela empresa e da extrema necessidade de Jorge, o sindicato concordou em fazer a homologação apenas para liberar o FGTS e permitir o acesso ao seguro-desemprego, lançando no TRCT um carimbo de que nada havia sido pago. Jorge, então, ajuizou ação monitória na Justiça do Trabalho, cobrando a dívida de R$ 5.000,00. Sobre a situação narrada, assinale a afirmativa correta.
O comportamento de Jorge é viável, sendo que, nesse caso, o juiz expedirá mandado de pagamento, nos moldes do CPC.
Na Justiça do Trabalho, a ação monitória somente é possível em causas de até dois salários mínimos, sendo que da sentença não caberá recurso, o que não é a hipótese retratada.
Jorge deveria ajuizar ação de execução de título extrajudicial, que é a natureza jurídica do TRCT preenchido, mas não quitado.
Jorge agiu mal, porque não cabe ação monitória na Justiça do Trabalho, em razão da incompatibilidade de procedimentos.
 Exame: OAB EXAME XXXI -
 Data da prova: 02-2020 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Do Dissídio Individual
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
48Após tentar executar judicialmente seu ex-empregador (a empresa Tecidos Suaves Ltda.) sem sucesso, o credor trabalhista Rodrigo instaurou o incidente de desconsideração de personalidade jurídica, objetivando direcionar a execução contra os sócios da empresa, o que foi aceito pelo magistrado. De acordo com a CLT, assinale a opção que indica o ato seguinte.
O sócio será citado por oficial de justiça para pagar a dívida em 48 horas.
O sócio será citado para manifestar-se e requerer as provas cabíveis no prazo de 15 dias.
O juiz determinará de plano o bloqueio de bens e valores do sócio, posto que desnecessária a sua citação ou intimação.
Será conferida vista prévia ao Ministério Público do Trabalho, para que o parquet diga se concorda com a desconsideração pretendida.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
49Uma sociedade de economia mista do Estado do Maranhão, após devidamente citada em reclamação trabalhista de um empregado, apresentou defesa e produziu provas em juízo, mas foi condenada na sentença. Assinale a opção que, de acordo com a CLT, indica o prazo que a empresa em questão possui para recorrer ao TRT.
8 dias úteis.
16 dias úteis.
8 dias corridos.
16 dias corridos.
 Exame: OAB EXAME XXXV -
 Data da prova: 07-2022 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Competência da Justiça do Trabalho
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
50Seu escritório atua exclusivamente na área trabalhista e participará de uma licitação a ser realizada por uma grande empresa pública para escolha de escritórios de advocacia das mais diversas áreas de atuação. Assim sendo, a fim de elaborar a proposta a ser enviada para licitação, você foi incumbido de indicar quais processos seriam da competência da Justiça do Trabalho. Diante disso, considerando o entendimento jurisprudencial consolidado do TST, bem como a Constituição da República Federativa do Brasil, são da competência da Justiça do Trabalho
as ações relativas às penalidades administrativas impostas aos empregadores pelos órgãos de fiscalização das relações de trabalho.
as causas que envolvam servidores públicos estatutários e os entes de direito público interno.
os conflitos de competência instaurados entre juízes do trabalho e juízes de direito da justiça comum estadual.
as ações que visem a determinar o recolhimento de todas as contribuições previdenciárias oriundas da relação de emprego.
 Exame: OAB EXAME XXXII -
 Data da prova: 06-2021 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
51Após ser alvo de um inquérito civil junto ao Ministério Público do Trabalho - MPT, tendo sido investigada pela prática de suposta irregularidade, a sociedade empresária Vida Global assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o MPT para sanar o problema e evitar a judicialização daquela situação, o que poderia abalar sua credibilidade perante os investidores nacionais e estrangeiros. Ocorre que a sociedade empresária não cumpriu o que foi estipulado no TAC, seja no tocante à obrigação de fazer, seja no pagamento de multa pelo dano moral coletivo. Diante dessa situação, e de acordo com os termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
O parquet deverá propor execução de título judicial.
O MPT deverá ajuizar execução de título extrajudicial.
A ação própria para a cobrança será o inquérito judicial.
O MPT deverá propor reclamação trabalhista pelo rito ordinário
 Exame: OAB EXAME XXVII -
 Data da prova: 11-2018 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
52A sociedade empresária Alfa S. A. está sendo executada na Justiça do Trabalho e, em 13/03/2018, recebeu citação para pagamento da dívida que possui em relação a um processo. Mesmo citada, a sociedade empresária permaneceu inerte, pelo que, no 10º dia contado da citação, o juízo iniciou, a requerimento do exequente a tentativa de bloqueio pelo sistema Bacen-Jud e, paralelamente, inscreveu o nome do executado no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT). Diante da situação apresentada e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
A atitude do magistrado está correta, eis que não houve o pagamento voluntário da dívida no prazo legal, sendo a inserção imediata no BNDT uma adequada medida coercitiva judicial.
A Lei deixa ao arbítrio do juiz determinar a partir de quando o nome do devedor deve ser inserido em cadastro restritivo de crédito, inclusive no BNDT.
A Justiça do Trabalho não atua mais com inserção e retirada do nome de devedores no BNDT, pelo que a atitude do magistrado é inócua e contrária às regras da CLT.
A decisão que determinou a inserção do nome do devedor no BNDT está equivocada, porque somente poderia ocorrer 45 dias depois de ele não pagar, nem garantir o juízo.
 Exame: OAB EXAME XV -
 Data da prova: 11-2014 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
53A Lei nº 5.010/1966, Art. 62, inciso I, considera "feriados na Justiça Federal, inclusive nos Tribunais Superiores" os dias compreendidos entre 20 de dezembro e 6 de janeiro, inclusive. Na ótica do Tribunal Superior do Trabalho, o prazo para apresentação de recurso de revista, que se inicia três dias antes do início do recesso forense, deve ser contado do seguinte modo:
o prazo recomeça sua contagem, desde o início, no primeiro dia útil após o fim do recesso.
o prazo retoma sua contagem de onde parou, no primeiro dia útil após o fim do recesso.
o prazo continua a ser contado, prorrogando-se apenas o seu termo final para o primeiro dia útil após o fim do recesso.
o prazo se encerra ao atingir seu termo final, em razão da possibilidade de se cumprir o prazo por peticionamento eletrônico.
 Exame: OAB EXAME XXVII -
 Data da prova: 11-2018 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
54Em uma reclamação trabalhista, o autor afirmou ter sido vítima de discriminação estética, pois fora dispensado pelo exempregador por não ter querido raspar o próprio bigode. Requereu, na petição inicial, tutela de urgência para ser imediatamente reintegrado em razão de prática discriminatória. O juiz, não convencido da tese de discriminação, indeferiu a tutela de urgência e determinou a designação de audiência, com a respectiva citação. Como advogado(a) do autor, assinale a opção que contém, de acordo com a Lei e o entendimento consolidado do TST, a medida judicial a ser manejada para reverter a situação e conseguir a tutela de urgência desejada.
Interpor recurso ordinário seguido de medida cautelar.
Nada poderá ser feito, por tratar-se de decisão interlocutória, que é irrecorrível na Justiça do Trabalho.
Impetrar mandado de segurança.
Interpor agravo de instrumento.
 Exame: OAB EXAME XVII -
 Data da prova: 07-2015 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
55No bojo de uma execução trabalhista, a sociedade empresária executada apresentou uma exceção de pré-executividade, alegando não ter sido citada para a fase de conhecimento. Em razão disso, requereu a nulidade de todo o processo, desde a citação inicial. O juiz conferiu vista à parte contrária para manifestação e, em seguida, determinou a conclusão dos autos. Após analisar as razões da parte e as provas produzidas, convenceu-se de que a alegação da sociedade empresária era correta e, assim, anulou todo o feito desde o início. Diante desse quadro, assinale a afirmativa correta.
Contra essa decisão caberá agravo de petição.
Trata-se de decisão interlocutória e, portanto, não passível de recurso imediato.
Caberá a interposição de recurso ordinário.
Caberá a interposição de agravo de instrumento.
 Exame: OAB EXAME XXVIII -
 Data da prova: 03-2019 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
56Prolatada a sentença em uma reclamação trabalhista, o autor opõe embargos de declaração no 3º dia contado da publicação e afirma que existe erro material no julgado, pois o número do processo encontra-se equivocado, assim como o nome das partes. Diante da situação retratada e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
O juiz não precisará dar vista dos embargos à parte contrária, diante da natureza do erro.
A Lei é omissa a respeito, daí porque o juiz usará da equidade para ver se é o caso de conferir vista à parte adversa.
Havendo, no caso em exame, possibilidade de efeito modificativo do julgado, a parte contrária poderá se manifestar em 8 dias.
Independentemente do recurso e seu efeito perante o julgado, é direito da parte contrária se manifestar sobre os embargos em 10 dias.
 Exame: OAB EXAME XXIV -
 Data da prova: 11-2017 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
57Rodolfo Alencar ajuizou reclamação trabalhista em desfavor da sociedade empresária Sabonete Silvestre Ltda. Em síntese, ele afirma que cumpria longa jornada de trabalho, mas que não recebia as horas extras integralmente. A defesa nega o fato e advoga que toda a sobrejornada foi escorreitamente paga, nada mais sendo devido ao reclamante no particular. Na audiência designada, cada parte conduziu duas testemunhas, que começaram a ser ouvidas pelo juiz, começando pelas do autor. Após o magistrado fazer as perguntas que desejava, abriu oportunidade para que os advogados fizessem indagações, e o patrono do autor passou a fazer suas perguntas diretamente à testemunha, contra o que se opôs o juiz, afirmando que as perguntas deveriam ser feitas a ele, que, em seguida, perguntaria à testemunha. Diante do incidente instalado e de acordo com o regramento da CLT, assinale a afirmativa correta.
Correto o advogado, pois, de acordo com o CPC, o advogado fará perguntas diretamente à testemunha.
A CLT não tem dispositivo próprio, daí porque poderia ser admitido tanto o sistema direto quanto o indireto.
A CLT determina que o sistema seja híbrido, intercalando perguntas feitas diretamente pelo advogado, com indagações realizadas pelo juiz.
Correto o magistrado, pois a CLT determina que o sistema seja indireto ou presidencial.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
58Augusto foi empregado de uma lavanderia por 2 anos, tendo sido desligado em setembro de 2018. Após receber as verbas da ruptura, procurou um advogado com a intenção de ajuizar reclamação trabalhista para postular horas extras não recebidas durante o pacto laboral. Após a entrevista e colheita de todas as informações, o advogado de Augusto entrou em contato com a exempregadora na tentativa de formular um acordo, que, após debatido e negociado, teve sucesso e foi reduzido a termo. Então, as partes ajuizaram uma homologação de acordo extrajudicial na Justiça do Trabalho, em petição conjunta assinada pelo advogado de cada requerente, mas que não foi homologado pelo juiz, por este entender que o valor da conciliação era desfavorável ao trabalhador. Desse modo, o magistrado extinguiu o feito sem resolução do mérito. Diante da situação e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
Agiu corretamente o juiz, porque não há previsão desse tipo de demanda na Justiça do Trabalho.
As partes poderão interpor recurso ordinário da decisão que negou a homologação desejada.
Augusto e seu ex-empregador deverão propor novamente a ação, que deverá ser levada à livre distribuição para outro juízo.
Nada poderá ser feito na ação proposta, porque o juiz não é obrigado a homologar acordo.
 Exame: OAB EXAME XVIII -
 Data da prova: 11-2015 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Procedimento Sumaríssimo e Sumário
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
59Em sede de reclamação trabalhista sob o rito sumaríssimo, as testemunhas do autor não compareceram à audiência, apesar de convidadas verbalmente por ele. Na audiência, nada foi comprovado acerca da alegação do convite às testemunhas. Diante disso, assinale a afirmativa correta.
A audiência deverá prosseguir, pois não cabe a intimação das testemunhas, uma vez que não foi comprovado o convite a elas.
As testemunhas deverão ser intimadas porque a busca da verdade real é um princípio que deve sempre prevalecer.
As testemunhas deverão ser conduzidas coercitivamente, porque não se admite que descumpram seu dever de cidadania.
O feito deverá ser adiado para novo comparecimento espontâneo das testemunhas.
 Exame: OAB EXAME XX -
 Data da prova: 07-2016 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
60Carlos tinha 17 anos quando começou a trabalhar na sociedade empresária ABCD Ltda. No dia seguinte ao completar 18 anos foi dispensado. A sociedade empresária pagou as verbas rescisórias, mas não pagou as horas extras trabalhadas ao longo de todo o contrato de trabalho. Para o caso apresentado, na qualidade de advogado de Carlos, assinale a afirmativa correta.
A ação deverá ser ajuizada no prazo de dois anos contados da dispensa.
Sendo Carlos menor na época da contratação e durante quase todo o pacto laboral, não corre prescrição bienal, iniciando-se a quinquenal a partir da data da dispensa.
A ação deverá ser proposta no prazo de cinco anos após a dispensa, já que Carlos era menor quando da contratação, não correndo prescrição.
Não há prazo prescricional para ajuizamento da ação, pois não corre prescrição para o empregado menor e Carlos trabalhou sempre nessa condição.
 Exame: OAB EXAME XXXV -
 Data da prova: 07-2022 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Prescrição e Decadência
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
61Rosimeri trabalhou em uma sociedade empresária de produtos químicos de 1990 a 1992. Em 2022, ajuizou reclamação trabalhista contra o ex-empregador, requerendo a entrega do Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) para que pudesse requerer aposentadoria especial junto ao INSS. Devidamente citada, sociedade empresária suscitou em defesa prescrição total (extintiva). Diante da situação retratada e da previsão da CLT, assinale a afirmativa correta.
Não há prescrição a declarar, porque a ação tem por objeto anotação para fins de prova junto à Previdência Social.
Houve prescrição, porque o pedido foi formulado muito após o prazo de 2 anos contados do término do contrato.
A prescrição para entrega do PPP é trintenária, tal qual a do FGTS, motivo pelo qual não há prescrição na hipótese.
A CLT é omissa acerca da imprescritibilidade de ações, cabendo ao juiz, em cada caso, por equidade, aplicá-la ou não.
 Exame: OAB EXAME XIII -
 Data da prova: 04-2014 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
62Paulo ajuizou ação em face de sua ex-empregadora, a empresa Peças ABC Ltda. Na audiência, o Juiz propôs a conciliação, que foi aceita pelas partes, nada tendo sido discutido sobre custas. Sobre o caso, assinale a opção que indica a hipótese correta para a fixação das custas.
O valor das custas ficará sempre a cargo da empresa, razão pela qual não haverá dispensa das mesmas, pois não há gratuidade de justiça para pessoa jurídica.
O valor das custas, não tendo sido convencionado pelas partes, caberá em partes iguais ao autor e à ré, podendo o autor ser dispensado de sua parte pelo Juiz.
O valor das custas ficará a cargo do autor, pois este está recebendo o valor acordado.
Tendo em vista o acordo, não há que se falar em custas.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
63Renata, professora de Artes, lecionou na Escola do Futuro. Em sede de reclamação trabalhista, um de seus pedidos foi julgado improcedente, sendo certo que o que você pleiteava, na qualidade de advogado(a) de Renata, estava fundamentado na aplicação incontroversa de súmula do TST a respeito da matéria. Ainda assim, o TRT respectivo, ao julgar seu recurso, manteve a decisão de primeira instância. Considerando que a referida decisão não deixou margem à oposição de embargos de declaração, assinale a opção que indica a medida jurídica a ser adotada.
Interposição de agravo de instrumento.
Interposição de agravo de petição.
Ajuizamento de ação rescisória.
Interposição de recurso de revista.
 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
64Lucas é vigilante. Nessa condição, trabalhou como terceirizado durante um ano em um estabelecimento comercial privado e, a seguir, em um órgão estadual da administração direta, no qual permaneceu por dois anos. Dispensado, ajuizou ação contra o ex-empregador e contra os dois tomadores dos seus serviços (a empresa privada e o Estado), pleiteando o pagamento de horas extras durante todo o período contratual e a responsabilidade subsidiária dos tomadores nos respectivos períodos em que receberam o serviço. A sentença julgou procedente o pedido e os réus pretendem recorrer. Em relação às custas, com base nos ditames da CLT, assinale a afirmativa correta.
Cada réu deverá recolher 1/3 das custas.
Havendo participação do Estado, ninguém pagará custas.
Somente o Estado ficará dispensado das custas.
Cada réu deverá recolher a integralidade das custas.
 Exame: OAB EXAME XX -
 Data da prova: 07-2016 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
65Um determinado empregado é vigilante e, por meio do seu empregador, sempre prestou serviços terceirizados a uma instituição bancária privada. Após ser dispensado, o ex-empregado ajuizou ação contra o seu antigo empregador e a instituição bancária, reclamando horas extras, diferença por acúmulo de funções e indenização por dano moral. Sobre a situação apresentada, assinale a afirmativa correta.
Caso haja sucesso na demanda, a instituição bancária não poderá ser condenada em qualquer nível porque não foi o empregador.
A instituição bancária poderá ser condenada de forma solidária pelos créditos porventura deferidos porque terceirizou atividade-fim.
O banco poderia ser condenado de forma mista, ou seja, pagaria todos os direitos devidos exceto dano moral.
A instituição bancária será condenada de forma subsidiária por todos os créditos porventura deferidos.
 Exame: OAB EXAME XXXV -
 Data da prova: 07-2022 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Ações Especiais no Processo Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
66Jeane era cuidadora de Dulce, uma senhora de idade que veio a falecer. A família de Dulce providenciou o pagamento das verbas devidas pela extinção do contrato, mas, logo após, Jeane ajuizou ação contra o espólio, postulando o pagamento, em dobro, de 3 (três) períodos de férias alegadamente não quitadas. Designada audiência, a inventariante do espólio informou que não tinha qualquer documento de pagamento de Jeane, pois era a falecida quem guardava e organizava toda a documentação. Por não ter provas, a inventariante concordou em realizar um acordo no valor de R$ 6.000,00 (seis mil reais), pagos no ato, por transferência PIX, e homologado de imediato pelo juiz. Passados 7 (sete) dias da audiência, quando fazia a arrumação das coisas deixadas por Dulce para destinar à doação, a inventariante encontrou, no fundo de uma gaveta, os recibos de pagamento das 3 (três) férias que Jeane reclamava, devidamente assinadas pela então empregada. Diante da situação retratada, da previsão na CLT e do entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
Nada poderá ser feito pela inventariante, porque o acordo homologado faz coisa julgada material.
A parte interessada poderá interpor recurso ordinário contra a decisão homologatória.
A inventariante poderá ajuizar ação rescisória para desconstituir o acordo.
Deverá ser ajuizada ação de cobrança contra Jeane para reaver o valor pago.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
67Numa reclamação trabalhista que se encontra na fase de execução e diante da extrema complexidade dos cálculos, o juiz determinou a liquidação a cargo de um perito judicial. Apresentado o laudo, em que pese ambas as partes discordarem das contas apresentadas pelo especialista, elas foram homologadas pelo juiz. A sociedade empresária garantiu o juízo e ajuizou embargos à execução, enquanto o exequente apresentou impugnação à sentença de liquidação. O juiz julgou improcedentes ambas as ações, mantendo a homologação já feita. Somente a sociedade empresária interpôs agravo de petição no prazo legal. Sobre o caso, considerando os fatos narrados e o entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
No prazo de contrarrazões, o exequente poderá, querendo, interpor agravo de petição de forma adesiva.
O recurso adesivo não é aceito na Justiça do Trabalho porque a CLT é omissa a respeito
Caberá ao exequente apenas apresentar contrarrazões, pois o recurso adesivo só tem cabimento para os recursos ordinário e de revista.
Agravo de petição adesivo é aceito na seara trabalhista, sendo necessário que a matéria nele veiculada esteja relacionada com a do recurso interposto pela parte contrária.
 Exame: OAB EXAME XXI -
 Data da prova: 11-2016 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
68Um empregado ajuizou reclamação trabalhista postulando o pagamento de vale transporte, jamais concedido durante o contrato de trabalho, bem como o FGTS não depositado durante o pacto laboral. Em contestação, a sociedade empresária advogou que, em relação ao vale transporte, o empregado não satisfazia os requisitos indispensáveis para a concessão; no tocante ao FGTS, disse que os depósitos estavam regulares. Em relação à distribuição do ônus da prova, diante desse panorama processual e do entendimento consolidado pelo TST, assinale a afirmativa correta.
O ônus da prova, em relação ao vale transporte, caberá ao reclamante e, no tocante ao FGTS, à reclamada.
O ônus da prova para ambos os pedidos, diante das alegações, será do reclamante.
O ônus da prova, em relação ao vale transporte, caberá ao reclamado e, no tocante ao FGTS, ao reclamante.
O ônus da prova para ambos os pedidos, diante das alegações, será da sociedade empresária.
 Exame: OAB EXAME XVII -
 Data da prova: 07-2015 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Competência da Justiça do Trabalho
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
69A sociedade empresária Beta S.A. teve a falência decretada durante a tramitação de uma reclamação trabalhista, fato devidamente informado ao juízo. Depois de julgado procedente em parte o pedido de diferenças de horas extras e de parcelas recisórias, nenhuma das partes recorreu da sentença, que transitou em julgado dessa forma. Teve, então, início a execução, com a apresentação dos cálculos pelo autor e posterior homologação pelo juiz. Diante da situação, assinale a afirmativa correta.
Há equívoco, pois, a partir da decretação da falência, a ação trabalhista passa a ser da competência do juízo falimentar, que deve proferir a sentença.
O pagamento do valor homologado deverá ser feito no juízo da falência, que é universal.
A execução será feita diretamente na Justiça do Trabalho, porque o título executivo foi criado pelo Juiz do Trabalho.
Essa é a única hipótese de competência concorrente, ou seja, poderá ser executado tanto na Justiça do Trabalho quanto na Justiça comum.
 Exame: OAB EXAME XX -
 Data da prova: 07-2016 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
70Paulo é juridicamente pobre, razão pela qual teve a gratuidade de justiça deferida em sede de reclamação trabalhista ajuizada em face de seu empregador, na qual pleiteava adicional de periculosidade. No curso do processo, o perito constatou que o local de trabalho não era perigoso, uma vez que Paulo não trabalhava em condição que ensejasse o pagamento do adicional de periculosidade. Diante disso, assinale a opção que indica a quem cabe custear os honorários periciais.
Paulo não deverá realizar o pagamento, pois honorários periciais se incluem na gratuidade de justiça, que alcança também as custas.
A sociedade empresária deverá pagar a perícia, já que Paulo não tem condições de fazê-lo.
A responsabilidade pelo pagamento dos honorários periciais será de Paulo, que é da parte sucumbente na pretensão objeto da perícia, ainda que beneficiário da justiça gratuita.
O perito deverá se habilitar como credor de Paulo até que esse tenha condição de custear a perícia.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
71Em março de 2019, durante uma audiência trabalhista que envolvia a sociedade empresária ABC S/A, o juiz indagou à pessoa que se apresentou como preposto se ela era empregada da empresa, recebendo como resposta que não. O juiz, então, manifestou seu entendimento de que uma sociedade anônima deveria, obrigatoriamente, fazer-se representar por empregado, concluindo que a sociedade empresária não estava adequadamente representada. Decretou, então, a revelia, excluiu a defesa protocolizada e sentenciou o feito na própria audiência, julgando os pedidos inteiramente procedentes. Diante desse quadro e do que prevê a CLT, assinale a afirmativa correta.
Nada há a ser feito, porque uma S/A, por exceção, precisa conduzir um empregado para representá-la.
O advogado da ré deverá interpor recurso ordinário no prazo de 8 dias, buscando anular a sentença, pois o preposto não precisa ser empregado da reclamada.
O advogado da ré deverá impetrar mandado de segurança, porque a exigência de que o preposto seja empregado, por não ser prevista em Lei, violou direito líquido e certo da empresa.
Uma vez que a CLT faculta ao juiz aceitar ou não como preposto pessoa que não seja empregada, o advogado deverá formular um pedido de reconsideração judicial.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Competência da Justiça do Trabalho
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
72Considere as situações a seguir. I. Victor é um artista mirim e precisa de autorização judicial para poder participar de uma peça cinematográfica como ator coadjuvante. II. A empresa FFX Ltda. foi multada por um auditor fiscal do trabalho e deseja anular judicialmente o auto de infração, alegando vícios e nulidades. III. O empregado Regis teve concedido pelo INSS auxíliodoença comum, mas entende que deveria receber auxílio-doença acidentário, daí porque pretende a conversão judicial do benefício. IV. Jonilson, advogado, foi contratado por um cliente para o ajuizamento de uma ação de despejo, mas esse cliente não pagou os honorários contratuais que haviam sido acertados. Diante da norma de regência acerca da competência, assinale a opção que indica quem deverá ajuizar ação na Justiça do Trabalho para ver seu pleito atendido.
Victor e Jonilson
Regis e a empresa FFX Ltda.
Victor e Regis
Apenas a empresa FFX Ltda.
 Exame: OAB EXAME XIV -
 Data da prova: 08-2014 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
73Plínio, empregado da Padaria Pão Bom Ltda., insatisfeito com o trabalho, procurou seu empregador pedindo para ser mandado embora. O empregador aceitou a proposta, desde que tudo fosse realizado por intermédio de um acordo na Justiça do Trabalho, motivo pelo qual foi elaborada ação trabalhista pedindo verbas rescisórias. No dia da audiência, as partes disseram que se conciliaram, mas o juiz, ao indagar Plínio, compreendeu o que estava ocorrendo e decidiu não homologar o acordo. Para a hipótese, assinale a opção correta.
Plínio deverá impetrar Mandado de Segurança para obter a homologação do acordo.
A homologação do acordo é faculdade do juiz, que poderá não homologá-lo.
Sendo a conciliação um princípio do processo do trabalho, deverá o processo ser remetido para outra Vara para homologação por outro juiz.
Plínio deverá interpor reclamação correicional para obter a homologação do acordo.
 Exame: OAB EXAME XXIV -
 Data da prova: 11-2017 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
74Jorge trabalhou em uma sociedade empresária francesa, no Brasil. Entendendo que o valor das horas extras não lhe havia sido pago corretamente, ajuizou ação trabalhista. Como impugnara os controles de horário, necessitou apresentar prova testemunhal, porém, sua única testemunha, apesar de trabalhar a seu lado, não fala português. Diante disso, Jorge requereu ao juiz a nomeação de um intérprete. Nesse caso, nada mais estando em discussão no processo, assinale a opção que indica a quem caberá o custeio dos honorários do intérprete.
A Jorge, que é a parte interessada no depoimento da testemunha.
À União, porque Jorge é autor da ação.
Ao réu, já que era empregador de Jorge e da testemunha, que era de nacionalidade igual à da sociedade empresária.
O depoimento ocorrerá fora do processo, por tradutor juramentado, custeado pela parte requerente, que depois deverá juntá-lo ao processo.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Procedimento Sumaríssimo e Sumário
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
75Plínio Barbosa ajuizou uma reclamação trabalhista em face de seu empregador. O valor da causa era de 30 (trinta) salários-mínimos, com valor vigente na data do ajuizamento da ação. O pedido único da ação está baseado em entendimento sumulado pelo TST, cabendo aplicação literal da Súmula. Ainda assim, o juiz de primeiro grau julgou improcedente o pedido. Você, na qualidade de advogado(a) de Plínio, apresentou o recurso cabível, mas o TRT respectivo manteve a decisão, sem que houvesse no acórdão dúvida, contradição, obscuridade ou contradição. Considerando que a decisão do TRT foi publicada numa segunda-feira, assinale a opção que indica a medida judicial que você adotaria para o caso.
Não cabe mais qualquer recurso em razão do tipo de procedimento da ação.
Caberá recurso de agravo de instrumento.
Caberá recurso de agravo de petição.
Caberá recurso de revista.
 Exame: OAB EXAME XIV -
 Data da prova: 08-2014 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
76Determinada audiência, designada para as 10h, só teve início às 12h, ocasião em que o preposto e o advogado da empresa já tinham se ausentado. A pauta de audiências fora pontualmente iniciada pelo juiz; porém, a complexidade de processos e depoimentos gerou atrasos substanciais. A partir da situação sugerida, assinale a opção correta.
Não haverá a revelia, pois o atraso do juiz está limitado a 15 minutos, podendo as parte se retirar.
Diante do atraso, o juiz deverá adiar a audiência, já que a parte ré está ausente, mas se fez presente no horário inicial.
O juiz deverá aguardar a parte ausente por 15 minutos, pelo princípio da reciprocidade.
A audiência deverá ser realizada normalmente, cabendo a aplicação da revelia e confissão à parte ré.
 Exame: OAB EXAME XXVIII -
 Data da prova: 03-2019 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
77Francisco trabalhou em favor de uma empresa em Goiânia/GO. Após ser dispensado, mudou-se para São Paulo e neste Estado ajuizou reclamação trabalhista contra o ex-empregador. Este, após citado em Goiânia/GO, apresentou petição de exceção de incompetência territorial logo no segundo dia. Em razão disso, o juiz suspendeu o processo e conferiu vista ao excepto. Em seguida, proferiu decisão acolhendo a exceção e determinando a remessa dos autos ao juízo distribuidor de Goiânia/GO, local onde os serviços de Francisco foram prestados e que, no entendimento do magistrado, seria o juízo competente para julgar a reclamação trabalhista. Diante da situação retratada e do entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
O reclamante nada poderá fazer por se tratar de decisão interlocutória.
Francisco poderá interpor de imediato Recurso Ordinário no prazo de 8 dias.
Sendo as decisões interlocutórias irrecorríveis, Pedro deverá impetrar Mandado de Segurança.
O recurso cabível para tentar reverter a decisão é o Agravo de Petição.
 Exame: OAB EXAME XXXI -
 Data da prova: 02-2020 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
78Em setembro de 2019, durante a audiência de um caso que envolvia apenas pedido de adicional de insalubridade, o Juiz do Trabalho determinou a realização de perícia e que a reclamada antecipasse os honorários periciais. Inconformada com essa decisão, a sociedade empresária impetrou mandado de segurança contra esse ato judicial, mas o TRT, em decisão colegiada, não concedeu a segurança. Caso a sociedade empresária pretenda recorrer dessa decisão, assinale a opção que indica a medida recursal da qual deverá se valer.
Agravo de Instrumento.
Recurso Ordinário.
Agravo de Petição.
Recurso de Revista.
 Exame: OAB EXAME XVI -
 Data da prova: 03-2015 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Ações Especiais no Processo Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
79Antônio é assistente administrativo na sociedade empresária Setler Conservação Ltda., que presta serviços terceirizados à União. Ele está com o seu contrato em vigor, mas não recebeu o ticket refeição dos últimos doze meses, o que alcança o valor de R$ 2.400,00 (R$ 200,00 em cada mês). Em razão dessa irregularidade, estimulada pela ausência de fiscalização por parte da União, Antônio pretende cobrar o ticket por meio de reclamação trabalhista contra a empregadora e o tomador dos serviços, objetivando garantir deste a responsabilidade subsidiária, na forma da Súmula 331 do TST. Diante da hipótese, assinale a afirmativa correta.
A ação deverá seguir o procedimento ordinário, vez que há litisconsórcio passivo, sendo, em razão disso, obrigatório o rito comum.
A ação deverá seguir o procedimento sumaríssimo, uma vez que o valor do pedido é inferior a 40 salários mínimos.
A ação tramitará pelo rito ordinário porque um dos réus é ente público.
O autor poderá optar pelo procedimento que lhe seja mais vantajoso.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
80O réu, em sede de reclamação trabalhista, ajuizada em 20/04/2018, apresentou defesa no processo eletrônico, a qual não foi oferecida sob sigilo. Feito o pregão, logo após a abertura da audiência, a parte autora manifestou interesse em desistir da ação. Sobre a desistência da ação pela parte autora, assinale a afirmativa correta.
O juiz deverá, imediatamente, homologar a desistência.
Não é possível desistir da ação após a propositura desta.
Oferecida a contestação, ainda que eletronicamente, o reclamante não poderá, sem o consentimento do reclamado, desistir da ação.
O oferecimento da defesa pelo réu em nada se relaciona à questão da desistência de pedidos ou da demanda.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
81Em 7 de fevereiro de 2022 (uma segunda-feira), Carlos ajuizou reclamação trabalhista pelo rito ordinário contra a Sociedade Empresária Calçados Ícaro Ltda., postulando vários direitos que afirma terem sido lesados ao longo dos 3 (três) anos nos quais trabalhou na empresa. A Vara para a qual o processo foi sorteado é extremamente organizada, tendo comprovadamente ocorrido a citação em 9 de fevereiro (quarta-feira) e designada a audiência una para o dia 11 de fevereiro (sexta-feira). Todos os dias da referida semana são úteis. Diante dos fatos e do que dispõe a CLT, assinale a afirmativa correta.
A audiência deve ser remarcada, se houver pedido do reclamado, porque não se observou prazo mínimo de 5 (cinco) dias úteis contados da citação.
A Justiça do Trabalho deve primar pela celeridade, daí porque a designação de audiência breve é válida, pois respeitado o prazo legal de 48 (quarenta e oito) horas.
Inválida a data marcada para a audiência porque a Lei determina um interregno mínimo de 8 (oito) dias úteis contados da citação.
Se a audiência fosse na modalidade presencial não seria válida pelo curto espaço para deslocamento, mas se fosse telepresencial seria válida.
 Exame: OAB EXAME XIX -
 Data da prova: 04-2016 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Partes e dos Procuradores
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
82A sociedade empresária Sucos Naturais Ltda., empresa de pequeno porte, teve contra si ajuizada uma reclamação trabalhista, na qual Alice, uma de suas ex-empregadas, postula o pagamento de horas extras. Para a audiência, a sociedade empresária enviou como preposto o empregado que foi contratado para substituir Alice. Em razão disso, o advogado da reclamante protestou contra tal fato, requerendo a aplicação da confissão, pois o preposto não havia presenciado os fatos. Segundo a sistemática da CLT, assinale a afirmativa correta.
A impugnação deve ser acolhida, pois não se pode admitir a existência de um preposto que não tenha testemunhado os fatos.
A lei é omissa acerca de o preposto precisar, ou não, ter testemunhado os fatos, daí porque, diante da omissão legislativa, caberá ao juiz definir.
A impugnação deve ser acolhida, pois é necessário que o preposto tenha vivenciado os fatos, tanto assim que ele obrigatoriamente deverá ser empregado da empresa.
A impugnação deve ser rejeitada, pois o preposto precisa apenas ter conhecimento dos fatos.
 Exame: OAB EXAME XXIV -
 Data da prova: 11-2017 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Prescrição e Decadência
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
83Um empregado de 65 anos foi admitido em 10/05/2011 e dispensado em 10/01/2013. Ajuizou reclamação trabalhista em 05/12/2016, postulando horas extras e informando, na petição inicial, que não haveria prescrição porque apresentara protesto judicial quanto às horas extras em 04/06/2015, conforme documentos que juntou aos autos. Diante da situação retratada, considerando a Lei e o entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
A prescrição ocorreu graças ao decurso do tempo e à inércia do titular.
A prescrição foi interrompida com o ajuizamento do protesto.
A prescrição ocorreu, porque não cabe protesto judicial na seara trabalhista.
A prescrição não corre para os empregados maiores de 60 anos.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
84Ramon conseguiu, em uma reclamação trabalhista, a sentença de procedência parcial dos seus pedidos, sendo condenado o ex-empregador a pagar vários direitos, mediante condenação subsidiária da União como tomadora dos serviços. A sentença transitou em julgado nestes termos, houve liquidação regular e foi homologado o valor da dívida em R$15.000,00 (quinze mil reais), conforme cálculos apresentados pelo exequente. Ramon tentou executar por várias formas o ex-empregador, sem sucesso, e então requereu ao juiz o direcionamento da execução em face da União, que foi citada, mas discordou dos cálculos apresentados, reputando-os majorados. Diante da situação apresentada e dos termos da legislação em vigor, assinale a afirmativa correta.
Caberá à União depositar o valor da dívida e, então, no prazo legal, ajuizar embargos à execução.
Se a União não depositar voluntariamente a quantia, terá bens penhorados no valor da dívida e, após, poderá ajuizar embargos à execução.
A Lei prevê que sendo o ente público o devedor, ainda que subsidiário, bastará depositar metade do valor homologado para ajuizar embargos à execução.
É desnecessária a garantia do juízo para a União ajuizar embargos à execução.
 Exame: OAB EXAME XXIII -
 Data da prova: 07-2017 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Jus Postulandi
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
85Rita é engenheira e trabalhou na empresa Irmãos Construtores Ltda. por 3 anos. Ao ser dispensada, ajuizou ação trabalhista em face da ex-empregadora. Como tinha experiência na área de recursos humanos de empregos anteriores, decidiu ela própria fazer sua defesa jurídica, não buscando, portanto, a assistência de advogado ou sindicato. Elaborou a petição inicial, compareceu à audiência e formulou perguntas para testemunhas e para a parte ré. Ao término da instrução o juiz prolatou sentença de improcedência do petitório de Rita, a qual, inconformada, interpôs recurso ordinário, que teve provimento negado, sendo mantida a sentença de primeiro grau. Ainda inconformada, adotando o mesmo sistema, entendendo ter havido violação literal de dispositivo constitucional tanto na sentença de primeiro grau como no acórdão, Rita, da mesma forma e desacompanhada de advogado, interpõe o competente recurso de revista para o TST. Com base na jurisprudência consolidada do TST acerca da postulação em causa própria, assinale a afirmativa correta.
O recurso deverá ser conhecido e provido.
O recurso deveria ser endereçado ao STF, em razão da alegada violação constitucional.
Não cabe mais recurso do julgado.
O recurso deverá ter o seguimento negado por irregularidade de representação.
 Exame: OAB EXAME XXXII -
 Data da prova: 06-2021 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Procedimento Sumaríssimo e Sumário
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
86Melissa era uma empregada terceirizada do setor de limpeza que atuou durante todo o seu contrato em uma sociedade de economia mista federal, que era a tomadora dos serviços (contratante). Após ter sido dispensada e não ter recebido nem mesmo as verbas resilitórias, Melissa ajuizou reclamação trabalhista contra o exempregador e contra a sociedade de economia mista federal, requerendo desta a responsabilidade subsidiária por ser tomadora dos serviços. O volume dos pedidos de Melissa alcança o valor de R$ 17.000,00. Considerando os fatos narrados, assinale a afirmativa correta.
A ação tramitará pelo procedimento sumaríssimo, de modo que Melissa poderá conduzir, no máximo, duas testemunhas.
Diante do valor dos pedidos formulados, a reclamação deverá se submeter ao rito sumário e, da decisão que vier a ser proferida, não caberá recurso.
A reclamação adotará o rito especial misto e será possível a citação por edital caso o ex-empregador não seja localizado na fase de conhecimento.
A demanda observará rito ordinário, independentemente do valor do pedido de Melissa, pois um dos réus é ente público.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Do Dissídio Individual
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
87Maurício ajuizou reclamação trabalhista, em agosto de 2021, contra a sua ex-empregadora, a sociedade empresária Sorvetes Glacial Ltda., postulando o pagamento de horas extras e verbas resilitórias. No dia da audiência inaugural, feito o pregão com pontualidade, o autor compareceu acompanhado de seu advogado, estando ainda presente o advogado da empresa, mas ausente o preposto. O advogado do réu requereu que se aguardasse o prazo de 15 minutos, mas diante da negativa do advogado do autor, que não concordou em aguardar, teve início a audiência. O advogado do autor requereu a aplicação da revelia e o advogado do réu informou que havia protocolizado defesa com documentos pelo processo judicial eletrônico (PJe), requerendo que fossem recebidos. Diante da situação e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
Deverá ser aplicada a revelia em razão da ausência do preposto e desprezada a defesa.
Há nulidade do ato porque a CLT determina que se aguarde a parte até 15 minutos após o horário designado.
Sendo a CLT omissa a respeito, caberá ao juiz definir se haverá revelia ou remarcação da audiência.
A defesa e os documentos apresentados devem ser aceitos.
 Exame: OAB EXAME XVIII -
 Data da prova: 11-2015 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Competência da Justiça do Trabalho
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
88Na qualidade de advogado de Mauro, você ajuizou reclamação trabalhista no local da prestação de serviços do empregado. Entretanto, o advogado da empresa ré, na audiência, apresentou exceção de incompetência em razão do lugar. Diante disso, à luz da CLT,
o autor-exceto terá 24 horas improrrogáveis para se manifestar.
o juiz julgará independentemente da manifestação da parte contrária, pois não há previsão para tanto em razão do princípio da celeridade.
o autor-exceto terá prazo de 48 horas para manifestação.
o autor-exceto poderá se manifestar até a sessão de julgamento da exceção de incompetência.
 Exame: OAB EXAME XXX -
 Data da prova: 10-2019 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Partes e dos Procuradores
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
89Em sede de reclamação trabalhista proposta por Sávio, os pedidos liquidados somaram valor inferior a 40 salários mínimos nacionais. A ação foi movida em face do ex-empregador e da União, em razão de alegação de responsabilidade subsidiária. Sobre o caso apresentado, assinale a opção que indica o procedimento a ser seguido.
A ação correrá sob o rito sumaríssimo, pois cabível o rito especial para qualquer parte na Justiça do Trabalho, desde que o valor da causa seja compatível.
A ação correrá sob o rito ordinário, porque, em que pese o valor da causa, figura ente de direito público no polo passivo.
A ação correrá no rito ordinário, mas, caso a primeira ré não seja encontrada, não será possível realizar a citação por edital, em vista de a segunda ré ser a União.
A ação correrá no rito sumaríssimo, e, em caso de prova testemunhal, cada parte terá direito a ouvir até três testemunhas.
 Exame: OAB EXAME XVI -
 Data da prova: 03-2015 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
90Julgado dissídio coletivo entre uma categoria profissional e a patronal, em que foram concedidas algumas vantagens econômicas à categoria dos empregados, estas não foram cumpridas de imediato pela empresa Alfa Ltda.. Diante disso, o sindicato profissional decidiu ajuizar ação de cumprimento em face da empresa. Sobre o caso apresentado, assinale a afirmativa correta.
Deverá aguardar o trânsito em julgado da decisão, para ajuizar a referida ação.
Poderá ajuizar a ação, pois o trânsito em julgado da sentença normativa é dispensável.
Não juntada a certidão de trânsito em julgado da sentença normativa, o feito será extinto sem resolução de mérito.
Incabível a ação de cumprimento, no caso.
 Exame: OAB EXAME XIV -
 Data da prova: 08-2014 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
91Sandro Vieira ajuizou reclamação trabalhista contra a empresa Trianon Bebidas e Energéticos Ltda. pleiteando o pagamento de horas extras, pois alegou trabalhar de 2ª feira a sábado, das 9h às 19h, com intervalo de uma hora para refeição. Em defesa, a ré negou a jornada descrita na petição inicial, mas não juntou os controles de ponto. Em audiência, ao ser interrogado, o preposto informou que a ré possuía 18 empregados no estabelecimento. Diante da situação retratada, e considerando o entendimento consolidado do TST, assinale a opção correta.
Aplica-se a pena de confissão pela ausência de juntada dos controles, sendo então considerada verdadeira a jornada da petição inicial, na qual o juiz irá se basear na condenação de horas extras.
Haverá inversão do ônus da prova, que passará a ser da empresa, prevalecendo a jornada da inicial se dele não se desincumbir com sucesso.
Diante do impasse, e considerando que, com menos de 20 empregados, a empresa não é obrigada a manter controle escrito dos horários de entrada e saída dos empregados, o juiz decidirá a quem competirá o ônus da prova.
A falta de controle quando a empresa possui mais de 10 empregados é situação juridicamente imperdoável, o que autoriza o indeferimento da oitiva das testemunhas da empresa porventura presentes à audiência.
 Exame: OAB EXAME XXX -
 Data da prova: 10-2019 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Atos, Termos e Prazos Processuais
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
92No decorrer de uma reclamação trabalhista, que transitou em julgado e que se encontra na fase executória, o juiz intimou o autor a apresentar os cálculos de liquidação respectivos, o que foi feito. Então, o juiz determinou que o cálculo fosse levado ao setor de Contadoria da Vara para conferência, tendo o calculista confirmado que os cálculos estavam adequados e em consonância com a coisa julgada. Diante disso, o juiz homologou a conta e determinou que o executado depositasse voluntariamente a quantia, sob pena de execução forçada. Diante dessa narrativa e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
Equivocou-se o juiz, porque ele não poderia homologar o cálculo sem antes conceder vista ao executado pelo prazo de 8 dias.
Correta a atitude do magistrado, porque as contas foram conferidas e foi impressa celeridade ao processo do trabalho, observando a duração razoável do processo.
A Lei não fixa a dinâmica específica para a liquidação, daí porque cada juiz tem liberdade para criar a forma que melhor atenda aos anseios da justiça.
O juiz deveria conceder vista dos cálculos ao executado e ao INSS pelo prazo de 5 dias úteis, pelo que o procedimento adotado está errado.
 Exame: OAB EXAME XIII -
 Data da prova: 04-2014 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Competência da Justiça do Trabalho
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
93Pedro, estivador, logo trabalhador avulso, está insatisfeito com os repasses que lhe são feitos pelos trabalhos no Porto de Tubarão. Pretende ajuizar ação em face do operador portuário e do Órgão Gestor de Mão de Obra - OGMO. Como advogado de Pedro, indique a Justiça competente para o processamento e julgamento da demanda a ser proposta.
Justiça Comum Federal, dado que o avulso não tem vínculo de emprego com os réus e a matéria portuária é de âmbito nacional.
Justiça do Trabalho.
Justiça Comum Estadual, pela ausência de relação empregatícia, sendo o avulso uma espécie de trabalhador autônomo.
Poderá optar pela Justiça Comum Estadual ou Justiça do Trabalho, caso pretenda o reconhecimento de vínculo de emprego.
 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
94Em reclamação trabalhista que se encontra na fase de execução, o executado apresentou exceção de pré-executividade. Após ser conferida vista à parte contrária, o juiz julgou-a procedente e reconheceu a nulidade da citação e de todos os atos subsequentes, determinando nova citação para que o réu pudesse contestar a demanda. Considerando essa situação e o que dispõe a CLT, assinale a opção que indica o recurso que o exequente deverá apresentar para tentar reverter a decisão.
Apelação.
Agravo de Petição.
Recurso de Revista.
Recurso Ordinário.
 Exame: OAB EXAME XIX -
 Data da prova: 04-2016 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
95João foi empregado da sociedade empresária Girassol Terceirização Ltda. e trabalhou como vigilante terceirizado na sociedade empresária Passo Fundo Ltda. durante todo o seu contrato. João foi dispensado e não recebeu nenhuma verba da extinção contratual, motivando-o a ajuizar ação contra ambas as sociedades empresárias. Em audiência, a sociedade empresária Girassol Terceirização Ltda. comprovou documentalmente ter sido decretada a sua falência, ao passo que a sociedade empresária Passo Fundo Ltda. comprovou, nas mesmas condições, ter conseguido a recuperação judicial. As partes estiveram regularmente representadas e assistidas, nenhuma delas requereu a sua exclusão da lide e o pedido foi julgado procedente em parte, com condenação principal da sociedade empresária Girassol e responsabilidade subsidiária da sociedade empresária Passo Fundo. Diante da situação retratada, da previsão legal e do entendimento do TST, considerando que as sociedades empresárias recorrerão, assinale a afirmativa correta.
Diante da situação jurídica das sociedades empresárias, elas ficam dispensadas do preparo.
A sociedade empresária Girassol precisará realizar preparo, mas a sociedade empresária Passo Fundo, não.
Ambas as sociedades empresárias precisarão realizar o preparo integralmente.
A sociedade empresária Girassol não precisará realizar preparo, mas a sociedade empresária Passo Fundo, sim.
 Exame: OAB EXAME XXIV -
 Data da prova: 11-2017 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
96Contra ato de Juiz do Trabalho que determinou a antecipação de honorários periciais do seu cliente, mesmo não tendo ele condições financeiras para arcar com esse custo, você, na defesa dos interesses do cliente, impetrou mandado de segurança contra o ato judicial, mas, por unanimidade, não teve a segurança concedida. De acordo com a CLT, assinale a opção que indica o procedimento a ser adotado para tentar reverter a decisão.
Interpor Recurso Ordinário para o TST.
Interpor Agravo de Instrumento para o STF.
Interpor Agravo Interno para o próprio TRT.
Nada mais pode ser feito, porque se trata de decisão irrecorrível.
 Exame: OAB EXAME XX -
 Data da prova: 07-2016 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Procedimento Sumaríssimo e Sumário
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
97Em audiência trabalhista sob o rito sumaríssimo, o advogado da ré aduziu que suas testemunhas estavam ausentes. Sem apresentar qualquer justificativa ou comprovante de comunicação às testemunhas, requereu o adiamento do feito. Diante disso, estando presentes as testemunhas do autor, o juiz indagou do advogado do autor se ele concordava ou não com o adiamento, requerendo justificativa. Sobre o caso relatado, na qualidade de advogado do autor, assinale a afirmativa correta.
Deve concordar com o adiamento, já que ausentes as testemunhas, essas poderão ser intimadas para comparecimento na próxima audiência.
Deve se opor ao adiamento, requerendo o prosseguimento do feito, pois, não havendo comprovação do convite às testemunhas, a audiência não poderá ser adiada para intimação das mesmas.
Deve se opor ao adiamento imediato, requerendo a oitiva de suas testemunhas e protestar por depoimentos pessoais para, na próxima audiência, serem ouvidas as testemunhas da ré.
Deve concordar com o adiamento, pois a lei não exige justificativa ou comprovação de convite às testemunhas.
 Exame: OAB EXAME XIII -
 Data da prova: 04-2014 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Procedimento Sumaríssimo e Sumário
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
98Em outubro de 2013, Gilberto ajuizou ação contra a empresa CSC Computadores Ltda., na qual ainda trabalha, postulando o pagamento de vale-transporte de 2 meses e o ticket refeição de 3 meses. O juiz julgou procedente o pedido e, para tanto, valeu-se da Lei nº 7.418/85 (Lei do Vale-transporte) e da análise da norma coletiva da categoria do autor, que, na cláusula 8ª, garante o benefício da alimentação. A sentença foi prolatada de forma líquida, no valor total de R$ 657,00, mesmo valor de alçada arbitrado na audiência. Diante do que prevê a Lei, assinale a afirmativa correta.
Desta sentença não caberá recurso, tendo em vista a matéria discutida, bem como por se tratar de causa de alçada exclusiva da Vara.
Caberá recurso de apelação, já que a Constituição Federal garante o duplo grau de jurisdição.
Caberá recurso ordinário, no prazo de 8 dias, por qualquer dos litigantes.
Por envolver análise de Lei Federal, a sentença deve ser submetida ao duplo grau de jurisdição obrigatório.
 Exame: OAB EXAME XXVI -
 Data da prova: 08-2018 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Audiência de Conciliação
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
99Uma sociedade empresária ajuizou ação de consignação em pagamento em face do seu ex-empregado, com o objetivo de realizar o depósito das verbas resilitórias devidas ao trabalhador e obter quitação judicial da obrigação. No dia designado para a audiência una, a empresa não compareceu nem se justificou, estando presente o ex-empregado. Indique, de acordo com a CLT, o instituto jurídico que ocorrerá em relação ao processo.
Revelia.
Remarcação da audiência.
Arquivamento.
Confissão ficta.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
100A sociedade empresária Refeições Tempero de Casa Ltda. é ré em uma reclamação trabalhista movida por sua ex-empregada Rosângela, que lá atuou como cozinheira. Após devidamente contestada e instruída, foi prolatada sentença, em outubro de 2021, julgando os pedidos procedentes em parte. Ocorre que no mesmo dia da publicação da sentença, a sociedade empresária teve sua recuperação judicial deferida pela justiça estadual. Nada foi decidido a respeito de gratuidade de justiça para a sociedade empresária. Diante da situação apresentada, da previsão contida na CLT e considerando que a sociedade pretende recorrer da sentença, assinale a afirmativa correta.
Com a recuperação judicial deferida, a sociedade empresária fica dispensada de efetuar qualquer preparo para recorrer.
A sociedade empresária terá de recolher as custas, mas não precisará efetuar o depósito recursal para recorrer.
Como a sociedade empresária não teve a falência decretada, mas sim a recuperação judicial deferida, efetuará normalmente o preparo.
A sociedade empresária, diante da recuperação judicial deferida, pagará metade das custas e do depósito recursal.
 Exame: OAB EXAME XXX -
 Data da prova: 10-2019 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
101Wilma foi dispensada sem justa causa e recebeu a indenização correspondente do ex-empregador. Ela, no entanto, alega ter direito a uma equiparação salarial com um colega que realizava as mesmas atividades. Em razão disso, Wilma procura você, como advogado(a), e, com sua assessoria, dá início a um acordo extrajudicial com o ex-empregador. O acordo é materializado em documento, especificando o valor e a identificação da parcela, sendo assinado pelas partes e seus respectivos advogados, e levado à Justiça do Trabalho para homologação. Contudo, a juíza do caso nega-se a homologar o acordo, argumentando que ele seria lesivo à trabalhadora, proferindo decisão nesse sentido. Diante disso, e de acordo com a norma legal, assinale a opção que indica a medida processual adequada para buscar a reforma da decisão proferida.
Não há medida cabível, por se tratar de decisão interlocutória.
Recurso Ordinário.
Mandado de Segurança.
Novo pedido de homologação de acordo extrajudicial idêntico, mas agora dirigido para outra Vara.
 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Do Dissídio Individual
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
102Jéssica trabalhou na sociedade empresária Móveis Perfeitos Ltda. por 4 (quatro) anos, quando foi dispensada sem justa causa, sem receber as verbas resilitórias. Em razão disso, ajuizou reclamação trabalhista pelo rito ordinário postulando os direitos relativos à sua saída, além de horas extras, equiparação salarial, adicional de insalubridade e indenização por dano moral porque foi privada da indenização que serviria para pagar as suas contas regulares. Na audiência designada, após feito o pregão, a sociedade empresária informou, e comprovou documentalmente, que conseguira no mês anterior a sua recuperação judicial, motivo pelo qual requereu a suspensão da reclamação trabalhista por 180 dias, conforme previsto em Lei, sob pena de o prosseguimento acarretar a nulidade do feito. Diante da situação concreta e dos termos da legislação em vigor, assinale a afirmativa correta.
A sociedade empresária está correta, porque, em havendo concessão de recuperação judicial, a Lei determina a suspensão de todas as ações.
A Lei não traz nenhuma previsão a respeito, daí porque ficará a critério do prudente arbítrio do juiz deferir a suspensão processual requerida.
A sociedade empresária está equivocada, pois a suspensão da reclamação trabalhista somente ocorreria na fase executória, o que não é o caso.
O Juiz do Trabalho, tendo sido deferida a recuperação judicial, deve suspender o processo, declarar sua incompetência e enviar os autos à Justiça Estadual.
 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
103Em reclamação trabalhista já na fase de execução, o juiz determinou que o autor apresentasse os cálculos de liquidação, determinação esta que foi cumprida pelo exequente em fevereiro de 2018. Então, o calculista do juízo analisou as contas e entendeu que elas estavam corretas, pelo que o juiz homologou os cálculos ofertados e determinou a citação do executado para pagamento em 48 horas, sob pena de execução. Considerando a narrativa apresentada e os termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
Agiu corretamente o juiz, porque as contas foram atestadas pelo calculista como corretas.
Equivocou-se o magistrado, porque deveria obrigatoriamente conferir vista dos cálculos ao executado.
Uma vez que o juiz do Trabalho tem amplo poder de direção e controle do processo, sua decisão está amparada na norma cogente.
O juiz tem a faculdade de abrir vista ao executado por 10 dias, mas não obrigação de fazê-lo.
 Exame: OAB EXAME XXIV -
 Data da prova: 11-2017 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
104Em sede de processo trabalhista, após o trânsito em julgado da sentença e elaborada a conta de liquidação, foi aberto prazo de 10 dias para que as partes se manifestassem sobre a mesma. Contudo, o réu não se manifestou, e o autor concordou com a conta do juízo, que foi homologada. Considerada essa hipótese, em sede de embargos à execução do réu, interposto 05 dias após a garantia do juízo, este pretende discutir a conta de liquidação, aduzindo incorreção nos valores. Você, como advogado(a) do autor deverá, em resposta,
suscitar a preclusão do direito aos embargos à execução e expor as razões pelas quais entende pela validade dos cálculos do juízo.
suscitar apenas que a conta está correta.
suscitar a intempestividade dos embargos.
suscitar apenas que a conta está correta e requerer o levantamento dos valores incontroversos.
 Exame: OAB EXAME XV -
 Data da prova: 11-2014 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Partes e dos Procuradores
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
105Jorge, que presta serviços a uma companhia aérea na China, é autor de um processo em face da Viação Brasil S/A, sua ex-empregadora. Na data da audiência, Jorge estará, comprovadamente, trabalhando na China. Considerando que Jorge tem interesse no desfecho rápido de seu processo, deverá
requerer o adiamento para data próxima.
dar procuração com poderes específicos ao seu advogado para que este o represente.
fazer-se representar por outro empregado da mesma profissão ou pelo seu sindicato.
deixar arquivar a demanda e ajuizar uma nova.
 Exame: OAB EXAME XVI -
 Data da prova: 03-2015 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
106O Desembargador Relator de um recurso ordinário, ao verificar que a matéria posta em debate já era sumulada pelo TRT do qual é integrante, resolveu julgar, monocraticamente, o recurso. Diante do caso e da jurisprudência consolidada do TST, assinale a afirmativa correta.
A atitude está equivocada, pois, na Justiça do Trabalho, não cabe julgamento monocrático pelo TRT.
O julgamento monocrático está correto e dessa decisão não caberá recurso, com o objetivo de abreviar o trânsito em julgado.
É possível o uso subsidiário do Art. 557 do CPC, de modo que a decisão monocrática é válida na hipótese, e caberá recurso contra a decisão.
A única possibilidade de julgamento monocrático válido é aquele feito pelo TST.
 Exame: OAB EXAME XVIII -
 Data da prova: 11-2015 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
107Marcos ajuizou reclamação trabalhista em face de sua exempregadora, a sociedade empresária Cardinal Roupas Ltda., afirmando ter sofrido acidente do trabalho (doença profissional). Em razão disso, requereu indenização por danos material e moral. Foi determinada a realização de perícia, que concluiu pela ausência de nexo causal entre o problema sofrido e as condições ambientais. Na audiência de instrução, foram ouvidas cinco testemunhas e colhidos os depoimentos pessoais. Com base na prova oral, o juiz se convenceu de que havia o nexo causal e os demais requisitos para a responsabilidade civil, pelo que deferiu o pedido. Diante da situação retratada, e em relação aos honorários periciais, assinale a afirmativa correta.
O trabalhador sucumbiu no objeto da perícia feita pelo expert, de modo que pagará os honorários.
Uma vez que a perícia não identificou o nexo causal, mas o juiz, sim, os honorários serão rateados entre as partes.
A empresa pagará os honorários, pois foi sucumbente na pretensão objeto da perícia.
Não havendo disposição a respeito, ficará a critério do juiz, com liberdade, determinar quem pagará os honorários.
 Exame: OAB EXAME XV -
 Data da prova: 11-2014 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Das Provas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
108A sociedade empresária "V" Ltda., executada em ação trabalhista, apresentou embargos à execução arrolando testemunhas, o que foi indeferido pelo juiz, ao argumento de que não se tratava de processo de conhecimento. Sobre o caso apresentado, assinale a afirmativa correta.
Correta a decisão do juiz, pois já fora ultrapassada a fase de conhecimento.
Errada a decisão do juiz, pois era cabível a prova testemunhal em sede de embargos à execução, podendo o juiz indeferir as testemunhas se desnecessários os depoimentos.
Errada a decisão do juiz, sendo cabível a prova testemunhal, não podendo indeferir as testemunhas, cabendo, nesse caso, arguição de nulidade da decisão.
Correta a decisão do juiz, já que a matéria da execução está restrita a valores.
 Exame: OAB EXAME XXVII -
 Data da prova: 11-2018 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Custas, Emolumentos e Honorários
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
109Em reclamação trabalhista ajuizada em fevereiro de 2018, os pedidos formulados por Paulo em face do seu ex-empregador foram julgados totalmente procedentes. Em relação à verba honorária, de acordo com a CLT, sabendose que o patrocínio de Paulo foi feito por advogado particular por ele contratado, assinale a afirmativa correta.
Não haverá condenação em honorários advocatícios, porque o autor não está assistido pelo sindicato de classe.
Haverá condenação em honorários de, no mínimo, 10% e de, no máximo, 20% em favor do advogado.
Haverá condenação em honorários de, no mínimo, 5% e de, no máximo, 15% em favor do advogado.
Somente se a assistência do advogado do autor for gratuita é que haverá condenação em honorários, de até 20%.
 Exame: OAB EXAME XXIII -
 Data da prova: 07-2017 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Do Dissídio Individual
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
110Reinaldo, Wilma e Teodoro trabalharam no restaurante Fino Paladar Ltda. Todos procuraram o mesmo advogado para apresentar reclamação trabalhista: Reinaldo diz que não recebeu horas extras, Wilma informa que não recebeu as verbas resilitórias e Teodoro diz que não recebeu a participação nos lucros. Diante da situação retratada, e de acordo com a CLT, assinale a afirmativa correta.
Não é possível o ajuizamento de reclamação plúrima, porque os pedidos são distintos.
A CLT não traz os requisitos para o litisconsórcio ativo e, por isso, ficará a critério do juiz aceitar o ingresso conjunto.
Cabe manejo da reclamação plúrima, porque o empregador é o mesmo.
No caso apresentado, caberá o ajuizamento de dissídio coletivo.
0h 0m 0s
Curso de Síndico Profissional