Simulado OAB


 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
1A sociedade empresária Sanear Conservação e Limpeza Ltda. ajuizou ação de consignação em pagamento em face do ex-empregado Pedro Braga, afirmando que ele se negava a receber as verbas resilitórias a que faria jus. Citado, Pedro Braga apresentou resposta sob a forma de contestação e reconvenção, postulando diversos direitos alegadamente lesados e incluindo no polo passivo a sociedade empresária Réptil Imobiliária, tomadora dos serviços terceirizados do empregado, requerendo dela a responsabilidade subsidiária. Diante da situação retratada e da norma de regência, assinale a afirmativa correta.
Não é possível, em sede de reconvenção, ajuizar ação contra quem não é parte na lide principal.
A pretensão de Pedro somente se viabilizará se a sociedade empresária Réptil Imobiliária concordar em figurar na reconvenção.
Não há óbice a se incluir na reconvenção pessoa que não figure na lide original.
A Lei processual é omissa a respeito; assim ficará a critério do juiz aceitar a inclusão da sociedade empresária Réptil Imobiliária.
 Exame: OAB EXAME XIX -
 Data da prova: 04-2016 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
2João foi empregado da sociedade empresária Girassol Terceirização Ltda. e trabalhou como vigilante terceirizado na sociedade empresária Passo Fundo Ltda. durante todo o seu contrato. João foi dispensado e não recebeu nenhuma verba da extinção contratual, motivando-o a ajuizar ação contra ambas as sociedades empresárias. Em audiência, a sociedade empresária Girassol Terceirização Ltda. comprovou documentalmente ter sido decretada a sua falência, ao passo que a sociedade empresária Passo Fundo Ltda. comprovou, nas mesmas condições, ter conseguido a recuperação judicial. As partes estiveram regularmente representadas e assistidas, nenhuma delas requereu a sua exclusão da lide e o pedido foi julgado procedente em parte, com condenação principal da sociedade empresária Girassol e responsabilidade subsidiária da sociedade empresária Passo Fundo. Diante da situação retratada, da previsão legal e do entendimento do TST, considerando que as sociedades empresárias recorrerão, assinale a afirmativa correta.
Diante da situação jurídica das sociedades empresárias, elas ficam dispensadas do preparo.
A sociedade empresária Girassol precisará realizar preparo, mas a sociedade empresária Passo Fundo, não.
Ambas as sociedades empresárias precisarão realizar o preparo integralmente.
A sociedade empresária Girassol não precisará realizar preparo, mas a sociedade empresária Passo Fundo, sim.
 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
3Em sede de reclamações trabalhista duas sociedades empresárias foram condenadas em primeira instância. A Massa Falida da Calçados Sola Dura Ltda. e a Institutos de Seguros Privados do Brasil, sociedade empresária em liquidação extrajudicial. Acerca do depósito recursal, na qualidade de advogado das empresas você deverá
deixar de recolher o depósito recursal e custas nos dois casos, já que se trata de massa falida de empresa em liquidação extrajudicial.
deixar de recolher o depósito recursal e as custas no caso da massa falida, mas recolher ambos para a empresa em liquidação extrajudicial.
recolher nos dois casos o depósito recursal e as custas, sob pena de deserção.
deixar de recolher o depósito recursal no caso da massa falida, mas recolher ambos para a empresa em liquidação extrajudicial e as custas para a massa falida.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
4Augusto foi empregado de uma lavanderia por 2 anos, tendo sido desligado em setembro de 2018. Após receber as verbas da ruptura, procurou um advogado com a intenção de ajuizar reclamação trabalhista para postular horas extras não recebidas durante o pacto laboral. Após a entrevista e colheita de todas as informações, o advogado de Augusto entrou em contato com a exempregadora na tentativa de formular um acordo, que, após debatido e negociado, teve sucesso e foi reduzido a termo. Então, as partes ajuizaram uma homologação de acordo extrajudicial na Justiça do Trabalho, em petição conjunta assinada pelo advogado de cada requerente, mas que não foi homologado pelo juiz, por este entender que o valor da conciliação era desfavorável ao trabalhador. Desse modo, o magistrado extinguiu o feito sem resolução do mérito. Diante da situação e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
Agiu corretamente o juiz, porque não há previsão desse tipo de demanda na Justiça do Trabalho.
As partes poderão interpor recurso ordinário da decisão que negou a homologação desejada.
Augusto e seu ex-empregador deverão propor novamente a ação, que deverá ser levada à livre distribuição para outro juízo.
Nada poderá ser feito na ação proposta, porque o juiz não é obrigado a homologar acordo.
 Exame: OAB EXAME XXVIII -
 Data da prova: 03-2019 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
5Prolatada a sentença em uma reclamação trabalhista, o autor opõe embargos de declaração no 3º dia contado da publicação e afirma que existe erro material no julgado, pois o número do processo encontra-se equivocado, assim como o nome das partes. Diante da situação retratada e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
O juiz não precisará dar vista dos embargos à parte contrária, diante da natureza do erro.
A Lei é omissa a respeito, daí porque o juiz usará da equidade para ver se é o caso de conferir vista à parte adversa.
Havendo, no caso em exame, possibilidade de efeito modificativo do julgado, a parte contrária poderá se manifestar em 8 dias.
Independentemente do recurso e seu efeito perante o julgado, é direito da parte contrária se manifestar sobre os embargos em 10 dias.
 Exame: OAB EXAME XVII -
 Data da prova: 07-2015 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
6No bojo de uma execução trabalhista, a sociedade empresária executada apresentou uma exceção de pré-executividade, alegando não ter sido citada para a fase de conhecimento. Em razão disso, requereu a nulidade de todo o processo, desde a citação inicial. O juiz conferiu vista à parte contrária para manifestação e, em seguida, determinou a conclusão dos autos. Após analisar as razões da parte e as provas produzidas, convenceu-se de que a alegação da sociedade empresária era correta e, assim, anulou todo o feito desde o início. Diante desse quadro, assinale a afirmativa correta.
Contra essa decisão caberá agravo de petição.
Trata-se de decisão interlocutória e, portanto, não passível de recurso imediato.
Caberá a interposição de recurso ordinário.
Caberá a interposição de agravo de instrumento.
 Exame: OAB EXAME XXVIII -
 Data da prova: 03-2019 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
7No curso de uma ação trabalhista que se encontra em fase de execução de sentença, a executada, citada para pagar e garantir o juízo, apresentou exceção de pré-executividade almejando a nulidade de todos os atos, uma vez que não havia sido regularmente citada. Após regular trâmite, o juiz julgou procedente a exceção de pré-executividade e anulou todos os atos processuais praticados desde a citação, concedendo ainda prazo para a reclamada contestar a reclamação trabalhista. Sobre a hipótese, assinale a opção que indica o recurso cabível, a ser manejado pelo exequente, contra a decisão da exceção de pré-executividade.
Apelação.
Recurso Ordinário.
Agravo de Instrumento.
Agravo de Petição.
 Exame: OAB EXAME XXVII -
 Data da prova: 11-2018 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
8Em uma reclamação trabalhista, o autor afirmou ter sido vítima de discriminação estética, pois fora dispensado pelo exempregador por não ter querido raspar o próprio bigode. Requereu, na petição inicial, tutela de urgência para ser imediatamente reintegrado em razão de prática discriminatória. O juiz, não convencido da tese de discriminação, indeferiu a tutela de urgência e determinou a designação de audiência, com a respectiva citação. Como advogado(a) do autor, assinale a opção que contém, de acordo com a Lei e o entendimento consolidado do TST, a medida judicial a ser manejada para reverter a situação e conseguir a tutela de urgência desejada.
Interpor recurso ordinário seguido de medida cautelar.
Nada poderá ser feito, por tratar-se de decisão interlocutória, que é irrecorrível na Justiça do Trabalho.
Impetrar mandado de segurança.
Interpor agravo de instrumento.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
9Em março de 2019, durante uma audiência trabalhista que envolvia a sociedade empresária ABC S/A, o juiz indagou à pessoa que se apresentou como preposto se ela era empregada da empresa, recebendo como resposta que não. O juiz, então, manifestou seu entendimento de que uma sociedade anônima deveria, obrigatoriamente, fazer-se representar por empregado, concluindo que a sociedade empresária não estava adequadamente representada. Decretou, então, a revelia, excluiu a defesa protocolizada e sentenciou o feito na própria audiência, julgando os pedidos inteiramente procedentes. Diante desse quadro e do que prevê a CLT, assinale a afirmativa correta.
Nada há a ser feito, porque uma S/A, por exceção, precisa conduzir um empregado para representá-la.
O advogado da ré deverá interpor recurso ordinário no prazo de 8 dias, buscando anular a sentença, pois o preposto não precisa ser empregado da reclamada.
O advogado da ré deverá impetrar mandado de segurança, porque a exigência de que o preposto seja empregado, por não ser prevista em Lei, violou direito líquido e certo da empresa.
Uma vez que a CLT faculta ao juiz aceitar ou não como preposto pessoa que não seja empregada, o advogado deverá formular um pedido de reconsideração judicial.
 Exame: OAB EXAME XXIV -
 Data da prova: 11-2017 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
10Contra ato de Juiz do Trabalho que determinou a antecipação de honorários periciais do seu cliente, mesmo não tendo ele condições financeiras para arcar com esse custo, você, na defesa dos interesses do cliente, impetrou mandado de segurança contra o ato judicial, mas, por unanimidade, não teve a segurança concedida. De acordo com a CLT, assinale a opção que indica o procedimento a ser adotado para tentar reverter a decisão.
Interpor Recurso Ordinário para o TST.
Interpor Agravo de Instrumento para o STF.
Interpor Agravo Interno para o próprio TRT.
Nada mais pode ser feito, porque se trata de decisão irrecorrível.
 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
11Em reclamação trabalhista que se encontra na fase de execução, o executado apresentou exceção de pré-executividade. Após ser conferida vista à parte contrária, o juiz julgou-a procedente e reconheceu a nulidade da citação e de todos os atos subsequentes, determinando nova citação para que o réu pudesse contestar a demanda. Considerando essa situação e o que dispõe a CLT, assinale a opção que indica o recurso que o exequente deverá apresentar para tentar reverter a decisão.
Apelação.
Agravo de Petição.
Recurso de Revista.
Recurso Ordinário.
 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
12Em determinada Vara do Trabalho foi prolatada uma sentença que, após publicada, não foi objeto de recurso por nenhum dos litigantes. Quinze meses depois, uma das partes ajuizou ação rescisória perante o Tribunal Regional do Trabalho local, tendo o acórdão julgado improcedente o pedido da rescisória. Ainda inconformada, a parte deseja que o TST aprecie a demanda. Assinale a opção que indica, na hipótese, o recurso cabível para o Tribunal Superior do Trabalho.
Recurso Ordinário.
Recurso de Revista.
Recurso Especial.
Agravo de Instrumento.
 Exame: OAB EXAME XXXI -
 Data da prova: 02-2020 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
13Em setembro de 2019, durante a audiência de um caso que envolvia apenas pedido de adicional de insalubridade, o Juiz do Trabalho determinou a realização de perícia e que a reclamada antecipasse os honorários periciais. Inconformada com essa decisão, a sociedade empresária impetrou mandado de segurança contra esse ato judicial, mas o TRT, em decisão colegiada, não concedeu a segurança. Caso a sociedade empresária pretenda recorrer dessa decisão, assinale a opção que indica a medida recursal da qual deverá se valer.
Agravo de Instrumento.
Recurso Ordinário.
Agravo de Petição.
Recurso de Revista.
 Exame: OAB EXAME XXVIII -
 Data da prova: 03-2019 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
14Francisco trabalhou em favor de uma empresa em Goiânia/GO. Após ser dispensado, mudou-se para São Paulo e neste Estado ajuizou reclamação trabalhista contra o ex-empregador. Este, após citado em Goiânia/GO, apresentou petição de exceção de incompetência territorial logo no segundo dia. Em razão disso, o juiz suspendeu o processo e conferiu vista ao excepto. Em seguida, proferiu decisão acolhendo a exceção e determinando a remessa dos autos ao juízo distribuidor de Goiânia/GO, local onde os serviços de Francisco foram prestados e que, no entendimento do magistrado, seria o juízo competente para julgar a reclamação trabalhista. Diante da situação retratada e do entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
O reclamante nada poderá fazer por se tratar de decisão interlocutória.
Francisco poderá interpor de imediato Recurso Ordinário no prazo de 8 dias.
Sendo as decisões interlocutórias irrecorríveis, Pedro deverá impetrar Mandado de Segurança.
O recurso cabível para tentar reverter a decisão é o Agravo de Petição.
 Exame: OAB EXAME XXX -
 Data da prova: 10-2019 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
15Wilma foi dispensada sem justa causa e recebeu a indenização correspondente do ex-empregador. Ela, no entanto, alega ter direito a uma equiparação salarial com um colega que realizava as mesmas atividades. Em razão disso, Wilma procura você, como advogado(a), e, com sua assessoria, dá início a um acordo extrajudicial com o ex-empregador. O acordo é materializado em documento, especificando o valor e a identificação da parcela, sendo assinado pelas partes e seus respectivos advogados, e levado à Justiça do Trabalho para homologação. Contudo, a juíza do caso nega-se a homologar o acordo, argumentando que ele seria lesivo à trabalhadora, proferindo decisão nesse sentido. Diante disso, e de acordo com a norma legal, assinale a opção que indica a medida processual adequada para buscar a reforma da decisão proferida.
Não há medida cabível, por se tratar de decisão interlocutória.
Recurso Ordinário.
Mandado de Segurança.
Novo pedido de homologação de acordo extrajudicial idêntico, mas agora dirigido para outra Vara.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
16A sociedade empresária Refeições Tempero de Casa Ltda. é ré em uma reclamação trabalhista movida por sua ex-empregada Rosângela, que lá atuou como cozinheira. Após devidamente contestada e instruída, foi prolatada sentença, em outubro de 2021, julgando os pedidos procedentes em parte. Ocorre que no mesmo dia da publicação da sentença, a sociedade empresária teve sua recuperação judicial deferida pela justiça estadual. Nada foi decidido a respeito de gratuidade de justiça para a sociedade empresária. Diante da situação apresentada, da previsão contida na CLT e considerando que a sociedade pretende recorrer da sentença, assinale a afirmativa correta.
Com a recuperação judicial deferida, a sociedade empresária fica dispensada de efetuar qualquer preparo para recorrer.
A sociedade empresária terá de recolher as custas, mas não precisará efetuar o depósito recursal para recorrer.
Como a sociedade empresária não teve a falência decretada, mas sim a recuperação judicial deferida, efetuará normalmente o preparo.
A sociedade empresária, diante da recuperação judicial deferida, pagará metade das custas e do depósito recursal.
 Exame: OAB EXAME XVI -
 Data da prova: 03-2015 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
17O Desembargador Relator de um recurso ordinário, ao verificar que a matéria posta em debate já era sumulada pelo TRT do qual é integrante, resolveu julgar, monocraticamente, o recurso. Diante do caso e da jurisprudência consolidada do TST, assinale a afirmativa correta.
A atitude está equivocada, pois, na Justiça do Trabalho, não cabe julgamento monocrático pelo TRT.
O julgamento monocrático está correto e dessa decisão não caberá recurso, com o objetivo de abreviar o trânsito em julgado.
É possível o uso subsidiário do Art. 557 do CPC, de modo que a decisão monocrática é válida na hipótese, e caberá recurso contra a decisão.
A única possibilidade de julgamento monocrático válido é aquele feito pelo TST.
 Exame: OAB EXAME XXIX -
 Data da prova: 06-2019 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
18Em sede de impugnação à sentença de liquidação, o juiz julgou improcedente o pedido, ocorrendo o mesmo em relação aos embargos à execução ajuizados pela executada. A princípio, você, na qualidade de advogado(a) da executada, entendeu por bem não apresentar recurso. Contudo, foi apresentado o recurso cabível pelo exequente. Diante disso, assinale a afirmativa correta.
parte exequente interpôs agravo de petição, e a executada poderá interpor agravo de petição na modalidade de recurso adesivo.
Ambas as partes poderiam interpor agravo de petição na hipótese, porém não mais existe essa possibilidade para a executada, pois esta não apresentou o recurso no prazo próprio.
A parte autora interpôs recurso de revista, e não resta recurso para a parte executada.
A parte autora apresentou recurso ordinário, e a executada poderá apresentar agravo de petição.
 Exame: OAB EXAME XIV -
 Data da prova: 08-2014 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Difícil
19Em ação que tramitou sob o procedimento sumaríssimo, o juiz decidiu determinado pedido de forma contrária ao disposto em orientação jurisprudencial do TST. Em sede de recurso ordinário, com o mesmo fundamento, o TRT manteve a decisão de primeiro grau. Diante disso, a parte entendeu por bem interpor recurso de revista. A partir do caso apresentado, assinale a opção correta.
O recurso de revista não deverá ser admitido, pois o fundamento da decisão não é contrário à Constituição Federal ou à Súmula do TST.
É cabível o recurso, pois a decisão é contrária ao entendimento do TST.
O recurso de revista é incabível no procedimento sumaríssimo. Logo, não deverá ser admitido.
Deverá ser admitido o recurso de revista, em razão do princípio do duplo grau de jurisdição obrigatório.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
20Uma sociedade de economia mista do Estado do Maranhão, após devidamente citada em reclamação trabalhista de um empregado, apresentou defesa e produziu provas em juízo, mas foi condenada na sentença. Assinale a opção que, de acordo com a CLT, indica o prazo que a empresa em questão possui para recorrer ao TRT.
8 dias úteis.
16 dias úteis.
8 dias corridos.
16 dias corridos.
 Exame: OAB EXAME XIV -
 Data da prova: 08-2014 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Dos Recursos Trabalhistas
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
21Geraldo requereu na sua petição inicial, e teve deferida, a concessão de tutela antecipada para sua imediata reintegração, haja vista ser dirigente sindical. O ex- empregador, cientificado, impetrou Mandado de Segurança, no qual obteve liminar revogando a tutela antecipada concedida. Logo depois, a reclamação trabalhista de Geraldo foi instruída na Vara do Trabalho e encaminhada para sentença, que julgou procedente o pedido, tendo o juiz concedido novamente a tutela antecipada, agora na sentença. Diante do quadro retratado, de acordo com o entendimento sumulado pelo TST, assinale a opção correta.
O juiz poderia conceder a tutela na sentença, e, nesse caso, o Mandado de Segurança perde o objeto.
O Juiz não poderia conceder novamente a tutela antecipada, haja vista que ela havia sido revogada pelo Tribunal.
Se a tutela antecipada foi revogada, somente havendo autorização do TRT ela poderia ser revigorada, de modo que o juiz subverteu a ordem processual vigente, cabendo reclamação correicional.
Poderá a parte ré impetrar novo mandado de segurança, agora contra a tutela antecipada concedida na sentença.
0h 0m 0s
Curso de Síndico Profissional