Simulado OAB


 Exame: OAB EXAME XXV -
 Data da prova: 04-2018 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
1Em reclamação trabalhista já na fase de execução, o juiz determinou que o autor apresentasse os cálculos de liquidação, determinação esta que foi cumprida pelo exequente em fevereiro de 2018. Então, o calculista do juízo analisou as contas e entendeu que elas estavam corretas, pelo que o juiz homologou os cálculos ofertados e determinou a citação do executado para pagamento em 48 horas, sob pena de execução. Considerando a narrativa apresentada e os termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
Agiu corretamente o juiz, porque as contas foram atestadas pelo calculista como corretas.
Equivocou-se o magistrado, porque deveria obrigatoriamente conferir vista dos cálculos ao executado.
Uma vez que o juiz do Trabalho tem amplo poder de direção e controle do processo, sua decisão está amparada na norma cogente.
O juiz tem a faculdade de abrir vista ao executado por 10 dias, mas não obrigação de fazê-lo.
 Exame: OAB EXAME XXVII -
 Data da prova: 11-2018 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
2A sociedade empresária Alfa S. A. está sendo executada na Justiça do Trabalho e, em 13/03/2018, recebeu citação para pagamento da dívida que possui em relação a um processo. Mesmo citada, a sociedade empresária permaneceu inerte, pelo que, no 10º dia contado da citação, o juízo iniciou, a requerimento do exequente a tentativa de bloqueio pelo sistema Bacen-Jud e, paralelamente, inscreveu o nome do executado no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT). Diante da situação apresentada e dos termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
A atitude do magistrado está correta, eis que não houve o pagamento voluntário da dívida no prazo legal, sendo a inserção imediata no BNDT uma adequada medida coercitiva judicial.
A Lei deixa ao arbítrio do juiz determinar a partir de quando o nome do devedor deve ser inserido em cadastro restritivo de crédito, inclusive no BNDT.
A Justiça do Trabalho não atua mais com inserção e retirada do nome de devedores no BNDT, pelo que a atitude do magistrado é inócua e contrária às regras da CLT.
A decisão que determinou a inserção do nome do devedor no BNDT está equivocada, porque somente poderia ocorrer 45 dias depois de ele não pagar, nem garantir o juízo.
 Exame: OAB EXAME XXIII -
 Data da prova: 07-2017 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
3A sociedade empresária Arco Íris Limpeza Ltda. foi citada para pagar o valor de uma dívida trabalhista homologada pelo juiz e, sem apresentar guia de pagamento ou arrolar bens, apresentou embargos de devedor, nos quais aponta diversas inconsistências nos cálculos. Diante disso, de acordo com a CLT, assinale a afirmativa correta.
A Justiça do Trabalho passou a adotar o sistema do CPC, pelo qual não há necessidade de garantir o juízo para embargar, de modo que os embargos serão apreciados.
A CLT prevê que, para o ajuizamento de embargos de devedor, é necessário garantir o juízo com 50% do valor da dívida exequenda, o que não aconteceu na espécie.
Sem a garantia do juízo, o executado não poderá ajuizar embargos de devedor, de modo que as matérias por ele trazidas não serão apreciadas naquele momento.
A CLT determina quem, havendo ajuizamento de embargos de devedor, o executado é obrigado a declarar, o valor que entende devido e a depositar essa quantia à disposição do juízo.
 Exame: OAB EXAME XXXV -
 Data da prova: 07-2022 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
4Em determinada reclamação trabalhista, que se encontra na fase de execução, não foram localizados bens da sociedade empresária executada, motivando o credor a instaurar o incidente de desconsideração de personalidade jurídica (IDPJ), para direcionar a execução contra os sócios atuais da empresa. Os sócios foram, então, citados para manifestação. Diante da situação retratada e da previsão da CLT, assinale a afirmativa correta.
É desnecessária a garantia do juízo para que a manifestação do sócio seja apreciada.
A CLT determina que haja a garantia do juízo, mas com fiança bancária ou seguro garantia judicial.
A Lei determina que haja garantia do juízo em 50% para que a manifestação do sócio seja analisada.
Será necessário garantir o juízo com bens ou dinheiro para o sócio ter a sua manifestação apreciada.
 Exame: OAB EXAME XXXII -
 Data da prova: 06-2021 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Fácil
5Após ser alvo de um inquérito civil junto ao Ministério Público do Trabalho - MPT, tendo sido investigada pela prática de suposta irregularidade, a sociedade empresária Vida Global assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o MPT para sanar o problema e evitar a judicialização daquela situação, o que poderia abalar sua credibilidade perante os investidores nacionais e estrangeiros. Ocorre que a sociedade empresária não cumpriu o que foi estipulado no TAC, seja no tocante à obrigação de fazer, seja no pagamento de multa pelo dano moral coletivo. Diante dessa situação, e de acordo com os termos da CLT, assinale a afirmativa correta.
O parquet deverá propor execução de título judicial.
O MPT deverá ajuizar execução de título extrajudicial.
A ação própria para a cobrança será o inquérito judicial.
O MPT deverá propor reclamação trabalhista pelo rito ordinário
 Exame: OAB EXAME XX -
 Data da prova: 07-2016 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
6Um determinado empregado é vigilante e, por meio do seu empregador, sempre prestou serviços terceirizados a uma instituição bancária privada. Após ser dispensado, o ex-empregado ajuizou ação contra o seu antigo empregador e a instituição bancária, reclamando horas extras, diferença por acúmulo de funções e indenização por dano moral. Sobre a situação apresentada, assinale a afirmativa correta.
Caso haja sucesso na demanda, a instituição bancária não poderá ser condenada em qualquer nível porque não foi o empregador.
A instituição bancária poderá ser condenada de forma solidária pelos créditos porventura deferidos porque terceirizou atividade-fim.
O banco poderia ser condenado de forma mista, ou seja, pagaria todos os direitos devidos exceto dano moral.
A instituição bancária será condenada de forma subsidiária por todos os créditos porventura deferidos.
 Exame: OAB EXAME XXIV -
 Data da prova: 11-2017 -
 Questão na prova: 80 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
7Em sede de processo trabalhista, após o trânsito em julgado da sentença e elaborada a conta de liquidação, foi aberto prazo de 10 dias para que as partes se manifestassem sobre a mesma. Contudo, o réu não se manifestou, e o autor concordou com a conta do juízo, que foi homologada. Considerada essa hipótese, em sede de embargos à execução do réu, interposto 05 dias após a garantia do juízo, este pretende discutir a conta de liquidação, aduzindo incorreção nos valores. Você, como advogado(a) do autor deverá, em resposta,
suscitar a preclusão do direito aos embargos à execução e expor as razões pelas quais entende pela validade dos cálculos do juízo.
suscitar apenas que a conta está correta.
suscitar a intempestividade dos embargos.
suscitar apenas que a conta está correta e requerer o levantamento dos valores incontroversos.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 75 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
8Na reclamação trabalhista movida por Paulo contra a sociedade empresária Moda Legal Ltda., o juiz prolator da sentença reconheceu que o autor tinha direito ao pagamento das comissões, que foram prometidas mas jamais honradas, mas indeferiu o pedido de integração das referidas comissões em outras parcelas (13º salário, férias e FGTS) diante da sua natureza indenizatória. Considerando a situação de fato e a previsão legal, assinale a afirmativa correta.
Correta a decisão, porque todas as verbas que são deferidas numa reclamação trabalhista possuem natureza indenizatória.
Errada a decisão que indeferiu a integração, porque comissão tem natureza jurídica salarial, daí repercute em outras parcelas.
Correta a decisão, pois num contrato de trabalho as partes podem atribuir a natureza das parcelas desde que haja acordo escrito neste sentido assinado pelo empregado.
A decisão está parcialmente correta, porque a CLT determina que, no caso de reconhecimento judicial de comissões, metade delas terá natureza salarial.
 Exame: OAB EXAME XVI -
 Data da prova: 03-2015 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
9Julgado dissídio coletivo entre uma categoria profissional e a patronal, em que foram concedidas algumas vantagens econômicas à categoria dos empregados, estas não foram cumpridas de imediato pela empresa Alfa Ltda.. Diante disso, o sindicato profissional decidiu ajuizar ação de cumprimento em face da empresa. Sobre o caso apresentado, assinale a afirmativa correta.
Deverá aguardar o trânsito em julgado da decisão, para ajuizar a referida ação.
Poderá ajuizar a ação, pois o trânsito em julgado da sentença normativa é dispensável.
Não juntada a certidão de trânsito em julgado da sentença normativa, o feito será extinto sem resolução de mérito.
Incabível a ação de cumprimento, no caso.
 Exame: OAB EXAME XXXIV -
 Data da prova: 02-2022 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
10Numa reclamação trabalhista que se encontra na fase de execução e diante da extrema complexidade dos cálculos, o juiz determinou a liquidação a cargo de um perito judicial. Apresentado o laudo, em que pese ambas as partes discordarem das contas apresentadas pelo especialista, elas foram homologadas pelo juiz. A sociedade empresária garantiu o juízo e ajuizou embargos à execução, enquanto o exequente apresentou impugnação à sentença de liquidação. O juiz julgou improcedentes ambas as ações, mantendo a homologação já feita. Somente a sociedade empresária interpôs agravo de petição no prazo legal. Sobre o caso, considerando os fatos narrados e o entendimento consolidado do TST, assinale a afirmativa correta.
No prazo de contrarrazões, o exequente poderá, querendo, interpor agravo de petição de forma adesiva.
O recurso adesivo não é aceito na Justiça do Trabalho porque a CLT é omissa a respeito
Caberá ao exequente apenas apresentar contrarrazões, pois o recurso adesivo só tem cabimento para os recursos ordinário e de revista.
Agravo de petição adesivo é aceito na seara trabalhista, sendo necessário que a matéria nele veiculada esteja relacionada com a do recurso interposto pela parte contrária.
 Exame: OAB EXAME XXVI -
 Data da prova: 08-2018 -
 Questão na prova: 78 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
11Uma entidade filantrópica foi condenada em reclamação trabalhista movida por uma ex-empregada, em fevereiro de 2018. A sentença transitou em julgado e agora se encontra na fase de execução. Apresentados os cálculos e conferida vista à executada, o juiz homologou a conta apresentada pela exequente. Em relação à pretensão da entidade de ajuizar embargos de devedor para questionar a decisão homologatória, assinale a afirmativa correta.
Não há necessidade de garantia do juízo, no caso apresentado, para o ajuizamento de embargos de devedor.
Se a executada deseja questionar os cálculos, deverá garantir o juízo com dinheiro ou bens e, então, ajuizar embargos de devedor.
A executada, por ser filantrópica, poderá ajuizar embargos à execução, desde que garanta a dívida em 50%.
A entidade filantrópica não tem finalidade lucrativa, daí por que não pode ser empregadora, de modo que a execução contra ela não se justifica, e ela poderá ajuizar embargos a qualquer momento.
 Exame: OAB EXAME XXXII -
 Data da prova: 06-2021 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
12No decorrer de uma execução trabalhista, não se conseguiu penhorar nenhum bem da empresa executada nem reter qualquer numerário dela em ativos financeiros. Então, o exequente instaurou um incidente de desconsideração de personalidade jurídica para direcionar a execução em face de um sócio. O referido sócio foi citado e, no prazo de 15 dias, manifestou-se contrariamente à sua execução. Submetida a manifestação ao contraditório e não havendo outras provas a produzir, o juiz julgou procedente o incidente e incluiu o sócio no polo passivo da execução na condição de executado, sendo, então, publicada essa decisão. Considerando a situação retratada e os ditames da CLT, assinale a afirmativa correta.
Por ser interlocutória, essa decisão é irrecorrível, devendo o sócio se submeter ao comando e pagar a dívida.
O sócio em questão poderá recorrer da decisão independentemente de garantia do juízo.
Sendo a Lei omissa a respeito, caberá ao juiz definir se a decisão do incidente poderá ser objeto de recurso e se será necessário garantir o juízo.
O sócio poderá recorrer da decisão, mas terá de garantir o juízo em 50%.
 Exame: OAB EXAME XXII -
 Data da prova: 04-2017 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
13Expedida carta precatória executória numa demanda trabalhista, o juízo deprecante cita o devedor para pagamento, mas ele permanece inerte. Então, o oficial de justiça retorna e penhora um dos imóveis do executado, avaliando-o e garantindo o juízo. Imediatamente o executado ajuíza embargos de devedor, alegando que o bem penhorado foi subavaliado, apresentando a documentação que entende provar que o valor de mercado do bem é muito superior àquele lançado no auto pelo oficial de justiça. Sobre a hipótese apresentada, de acordo com a legislação em vigor e o entendimento consolidado do TST, assinale a opção que, justificadamente, indica o juízo competente para apreciar os embargos.
O juízo deprecante é competente, pois dele se origina a execução.
O julgamento poderá competir aos juízos deprecante ou ao deprecado, porque a Lei não traz previsão.
O juízo deprecado será competente, porque a matéria se refere a suposto vício na penhora.
A Lei e a jurisprudência são omissas a respeito, daí porque a parte poderá escolher qual dos juízos apreciará os embargos.
 Exame: OAB EXAME XXI -
 Data da prova: 11-2016 -
 Questão na prova: 79 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
14Em determinada reclamação trabalhista, o empregador foi condenado ao pagamento de diversas parcelas, havendo ainda condenação subsidiária da União na condição de tomadora dos serviços. Na execução, depois de homologado o cálculo e citado o empregador para pagamento, as tentativas de recebimento junto ao devedor principal fracassaram, daí porque a execução foi direcionada contra a União, que agora pretende questionar o valor da dívida. Diante da situação apresentada, assinale a afirmativa correta.
A União pode embargar a execução no prazo legal, após a garantia do juízo.
A CLT não permite que a União, por ser devedora subsidiária, ajuíze embargos de devedor.
A garantia do juízo para ajuizar embargos de devedor é desnecessária, por se tratar de ente público.
A União, por se tratar de recurso, terá o prazo em dobro para embargar a execução.
 Exame: OAB EXAME XXXIII -
 Data da prova: 10-2021 -
 Questão na prova: 77 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
15Renata, professora de Artes, lecionou na Escola do Futuro. Em sede de reclamação trabalhista, um de seus pedidos foi julgado improcedente, sendo certo que o que você pleiteava, na qualidade de advogado(a) de Renata, estava fundamentado na aplicação incontroversa de súmula do TST a respeito da matéria. Ainda assim, o TRT respectivo, ao julgar seu recurso, manteve a decisão de primeira instância. Considerando que a referida decisão não deixou margem à oposição de embargos de declaração, assinale a opção que indica a medida jurídica a ser adotada.
Interposição de agravo de instrumento.
Interposição de agravo de petição.
Ajuizamento de ação rescisória.
Interposição de recurso de revista.
 Exame: OAB EXAME XXI -
 Data da prova: 11-2016 -
 Questão na prova: 76 -
 Ramo: Direito Processual do Trabalho -
 Tema: Execução Trabalhista
 Organizadora: FGV
 Dificuldade: Relativamente Difícil
16O juiz, em ação trabalhista proposta por Carlos em face da sociedade empresária ABCD Ltda., julgou procedente, em parte, o rol de pedidos. Nenhuma das partes apresentou qualquer recurso. O pedido versava exclusivamente sobre horas extras e reflexos, estando nos autos todos os controles de horário, recibos salariais, o termo de rescisão de contrato de trabalho (TRCT) e demais documentos inerentes ao contrato de trabalho em referência. Todos os documentos eram incontroversos. Com base no caso apresentado, como advogado(a) de Carlos, assinale a opção que indica a modalidade a ser adotada para promover a liquidação de sentença.
Por cálculos.
Por arbitramento.
Por artigos.
Por execução por quantia certa
0h 0m 0s
Curso de Síndico Profissional