Vade
Mecum
Brasil

SEU CONHECIMENTO
COMEÇA AQUI

Colaborador - Ivan Horcaio

18-02-2020 09h08

O Vocábulo “ética”

Para podermos iniciar o estudo sobre ética profissional, interessante saber que a palavra “ética” origina-se do grego ethos, significando modo de ser ou caráter da pessoa.

A ética é a teoria ou ciência do comportamento moral dos homens em sociedade. É o estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana suscetível de qualificação do ponto de vista do bem e do mal.

A moral é naturalmente conservadora e prudente. A ética é inovadora e, por vezes, arriscada, como a própria existência humana. Consequentemente, e diferente da moral (ou das morais), cujo ambiente é a norma, “o dever ser”, o ambiente da ética é o “poder ser”.

O objeto da moral é previamente definido como um “bem necessário”, ao passo que o objeto da ética é a construção do “melhor possível”. A moral move-se pela conformidade ao que já foi e a ética move-se pelo desejo do que será.

O critério ético é universal e não particular, como os princípios morais.

Isso significa que, independentemente da ordem moral de que somos sujeitos, seja qual for o contexto em que nos situemos, o critério ético é sempre válido.

Nas morais, o bem é cumprir a norma. Na ordem ética, o bem é sempre um excesso sobre o mal, não se limitando a ser o seu contrário. Não basta abster-se de fazer o mal nem sequer limitar-se a fazer o bem: é preciso fazer o melhor possível.

A moral decorre de um comportamento correto no conjunto dos costumes prevalecentes na sociedade, tendo em vista o que é dado como certo ou errado. A ética diz respeito a um padrão de comportamento de extrema correção.

Resta evidente, portanto, que a ética transcende à moral porque a atravessa, incluindo seu próprio desdobramento.


Da Atividade da Advocacia (Parte 1)

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

whatsapp twitter


^
subir