Vade Mecum Brasil

Autor(a) - Ivan Horcaio

29-02-2020 11h32

Criando um local de estudo

Para quase tudo na vida um ambiente adequado é fundamental para que possamos extrair ao máximo de nossas atividades. Uma cozinha bem planejada para um cozinheiro, uma oficina bem aparelhada para um mecânico, uma sala cirúrgica bem preparada para se realizar cirurgias, etc.

Como se pode observar, em que pese seja apenas um dos componentes, o ambiente de estudo deve ser o melhor que se consiga para podermos, juntamente com outros componentes, extrair o máximo de nós mesmos. Lembrando que milagre não vale, ou seja, se tudo não é possível, ao menos aquilo que estiver ao nosso alcance.

Local

A primeira coisa que devemos ter em mente é o lugar onde vamos estudar. Ser ele sempre no mesmo lugar já nos dá a possibilidade de criar um hábito, e já vimos que isso é muito importante, portanto, sua escolha deve ser muito bem avaliada.

No quarto tem a cama, na cozinha tem a geladeira, na sala passam muitas pessoas e tem o barulho da rua. Não, não é fácil. A regra de ouro é você escolher o lugar mais confortável para estudar. Sim, para estudar e não por ser mais acolhedor. A função desse lugar é permitir que você estude de forma eficiente, pois você vai permanecer nele por muitas horas do dia, e talvez por meses ou anos, dependendo para o exame ou concurso para o qual esteja estudando.

Distrações

Não é necessário dizer que qualquer coisa que possa distrair ou tirar a concentração está totalmente descartado, por isso, procure se instalar em um ambiente calmo, que não tenha eletrônicos ligados ou telefones tocando por perto.

Existem pessoas que simplesmente não suportam locais totalmente silenciosos. Nesse caso, procure um local onde se possa ouvir algum barulho, bem baixo da rua, pois esse tipo de ruído não vai permitir que você raciocine sobre ele, será apenas um ruído de fundo.

Se é difícil ter um momento de sossego no seu lar doce lar, use um fone de ouvido bem confortável ou mesmo tampões de ouvido, fáceis de encontrar em qualquer farmácia. 

Se o seu lugar de estudo for compartilhado com outras pessoas, então defina o horário em que você se dedicará aos estudos, de preferência aquele em que não vai ter ninguém por perto usando o ambiente e fazendo barulho.

Ergonomia

Estudar para um concurso significa passar horas sentado lendo e fazendo exercícios. É preciso ter uma cadeira bem confortável e uma mesa na altura ideal, em que seus pés possam encostar por completo no chão e os cotovelos têm que estar apoiados na mesa sem forçar os braços para cima.

Nada de estudar deitado na cama ou sentado no sofá. Isso vai prejudicar o seu rendimento, além de poder causar danos físicos.

Iluminação

Se puder, escolha um lugar que tenha iluminação natural em grande parte do dia. Essa é a melhor opção para não cansar os olhos. A alternativa para os mais noturnos, quer seja por necessidade ou por opção, é uma boa luminária.

Diferentemente do que muitos imaginam, o excesso de iluminação é tal improdutivo e prejudicial do que sua deficiência. Encontre o seu nível de conforto.

Temperatura

É uma questão de gosto pessoal, porém deve-se evitar estudar em um lugar quente ou frio demais. Lembre-se de que, para que o seu estudo renda, é preciso que você esteja se sentindo confortável e bem fisicamente, e a temperatura ideal é fundamental.

Tudo por perto

Organize o seu material de estudo e tenha ele sempre por perto. Deixe ao alcance das suas mãos bloco de notas, canetas, lápis, livros, calculadora e tudo mais que você achar importante ou que pense que vai precisar.

A quebra da concentração pela necessidade de ir buscar algum objeto pode ser muito prejudicial.

Embalagens de produtos consumidos, pratos e copos usados e todo tipo de tranqueira que vai atulhar sua mesa.

Procure ter um lixo próximo, o que te permite limpar ao final dos estudos, proporcionando um local organizado e evitando desperdício de tempo.
 

Atenção: o conteúdo desta publicação, bem como as ideias apresentadas, não representam necessariamente a opinião desta coluna, sendo de inteira responsabilidade de seu autor.


Generic placeholder image
Ivan Horcaio

Advogado. Autor de várias obras jurídica, notadamente de dicionários jurídicos, e também nas áreas de concursos públicos e Exame de Ordem. Foi editor chefe de conhecida editora jurídica, tento trabalhado na elaboração, edição e publicação de dezenas obras, sendo o organizador do vade mecum dessa editora por seis anos. Diretor de conteúdo do site Vade Mecum Brasil.




Resolução de Questões (Parte 1)

Simplifique

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


^
subir