Vade Mecum Brasil

Autor(a) - Ivan Horcaio

08-03-2020 16h20

Mens Sana in Corpore Sano

O sentido original da frase mens sana in corpore sano, proferida ha séculos preconiza que há a necessidade de se estar com o espírito em equilíbrio para que o corpo também esteja equilibrado. Isso quer dizer que temos a capacidade de transmutar doença em saúde naturalmente se equilibrarmos nosso eu interno, a mente e as emoções.

Estudar para concursos exige muito dos candidatos. A época da preparação necessita de horas de estudo, mas é preciso ter preparo físico, e não apenas mental para alcançar o desejado cargo público. Para isso, estar com a saúde em dia contribui, e muito, para a qualidade dos estudos e da preparação.

Os cuidados com a saúde física, como o sono reparador, alimentação adequada, postura correta e condicionamento físico, devem ser os primeiros a serem cultivados.

Quem estuda necessita ter um preparo físico, pois estudar é extremamente desgastante. A coluna vertebral é pouco cuidada, e devemos prestar atenção no zelo dela, pois a postura física ruim pode levar a uma série de problemas. Muitas pessoas também engordam muito quando estudam.

Além de preparar o corpo, o concursando também precisa estar com a mente pronta para encarar o ritmo de estudo. Portanto, o equilíbrio psicológico é fundamental. A psicóloga explica que o estresse é necessário para termos motivação para realizar algo, mas em certo nível ele paralisa, prepara o corpo para a fuga ou para lutar.

Para evitar o desgaste físico e mental que atrapalha a preparação, Gebrim aconselha ter a organização como principal guia na hora dos estudos e em outros aspectos da vida.

A organização nessa hora é um conceito bastante amplo. Organização psicológica, como o equilíbrio e autoconhecimento; organização familiar: não se deixar abater por pessoas próximas e saber dizer não; organização social: ter relações construtivas; organização biológica: cuidar da saúde; e organização subjetiva: ter cuidado com os pensamentos e aspectos inconscientes.

Recursos para lidar com o estresse na rotina de estudos podem contribuir para a qualidade da preparação. Exercícios de alongamento ajudam a diminuir o estresse em dez minutos. No entanto, momentos de distração, como acessar a Internet e olhar o celular com frequência, podem ser muito prejudiciais.

Isso é perda de tempo e quando os alunos olham já se passaram horas de estudo desperdiçadas. A organização aqui é necessária. Estude por um tempo e descanse dez minutos. A Tácnica Pomodoro pode ser de grande valia.

A ansiedade é outro fator que deve ser controlado na fase preparatória e na véspera da prova. Recomenda-se manter a discrição e falar para o mínimo de pessoas que se estuda para concursos para evitar cobranças, pois isso causa um estresse tremendo e uma ansiedade em relação ao futuro, além do medo de não passar.

Ter foco em um concurso ou área específica e estudar constantemente com esse objetivo é uma forma de estar mais bem preparado para quando sair o edital, sendo o maior erro dar aquele gás ao sair o edital. Edital deve ser revisado. Não abra nenhum edital se não tem domínio das principais matérias.

Vivam a vida, e até a breve.
 

Atenção: o conteúdo desta publicação, bem como as ideias apresentadas, não representam necessariamente a opinião desta coluna, sendo de inteira responsabilidade de seu autor.


Generic placeholder image
Ivan Horcaio

Advogado. Autor de várias obras jurídica, notadamente de dicionários jurídicos, e também nas áreas de concursos públicos e Exame de Ordem. Foi editor chefe de conhecida editora jurídica, tento trabalhado na elaboração, edição e publicação de dezenas obras, sendo o organizador do vade mecum dessa editora por seis anos. Diretor de conteúdo do site Vade Mecum Brasil.




Você é Eficiente ou Eficaz?

Estratégia ou Tática?

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


^
subir